Chapada Diamantina, Bahia: guia turístico completo

A Chapada Diamantina, Bahia, é o destino perfeito para quem gosta de ecoturismo ou turismo de aventura. A região é rica em belezas naturais e tem atrações suficientes para manter o viajante com a agenda cheia por meses.

Afinal de contas, quem não gosta de cachoeiras exuberantes, rios de água cristalina, imensas formações rochosas e trilhas ecológicas em meio a um cenário de beleza paradisíaca?

Além da paisagem, o viajante ainda pode descobrir cidades históricas bem-preservadas, uma cultura riquíssima, povo acolhedor e gastronomia de excelência.

Aperte os cintos e confira tudo sobre a Chapada Diamantina!

Cote sua passagem aérea no Passagens Promo e ganhe até 35% de desconto em sua tarifa.

Chapada Diamantina, Bahia: tudo para programar sua viagem à região

O Parque Nacional da Chapada Diamantina, eleito melhor destino nacional em 2019, é o coração de uma região quase selvagem, com paisagens intocadas pelo homem e um cotidiano de ritmo próprio, em harmonia com a natureza.

As atrações são as mais diversas: seja para curtir o pôr do sol do topo do Morro do Pai Inácio, mergulhar por águas cristalinas ou assistir de perto o impressionante show de luzes em meio à natureza exuberante do Poço Azul.

Tudo isso em uma região com excelente infraestrutura turística, bons restaurantes, hotéis e pousadas.

Reunimos tudo o que você precisa saber para programar sua inesquecível viagem para Chapada Diamantina, Bahia, mas prepare-se: vai ser difícil não se apaixonar por esse paraíso baiano.

Onde fica a Chapada Diamantina?

Chapada Diamantina onde fica
Fonte: Pixabay

Muita gente se pergunta em qual cidade fica Chapada Diamantina, mas, na realidade, estamos falando de um destino turístico que engloba diversas cidades, no meio da Bahia, a mais de 420 km de distância de Salvador.

A chapada ocupa mais de 38 mil km² de área, em uma região de serras e diversas fontes de água.

Cidades da Chapada Diamantina, Bahia

Ao todo, a Chapada Diamantina é formada por 26 municípios, como Morro do Chapéu, Seabra, Andaraí, Vale do Capão, Igatu, Iramaia, Lençóis, Mucugê e Palmeiras.

Se você procura as principais cidades turísticas da Chapada Diamantina, vale a pena conferir as charmosas ruas de paralelepípedo de Lençóis, o patrimônio histórico de Igatu e Mucugê, ou a vibe hippie do Vale do Capão.

Em comum, todas as cidades da região têm grande beleza natural e um índice baixíssimo de criminalidade, além de uma boa infraestrutura de serviços e hotelaria.

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para seguro viagem, hotel, aluguel de carro, e muito mais! Clique aqui e confira.

Mapa da Chapada Diamantina

Para que você possa planejar a sua viagem com o máximo de eficiência, confira o mapa da Chapada Diamantina com as cidades que não podem faltar em seu roteiro!

Como ir para a Chapada Diamantina?

A melhor maneira de chegar a este destino turístico é a partir da Bahia, e o aeroporto da capital baiana não deixa nada a desejar. Mas, afinal, como ir para Chapada Diamantina de Salvador?

O viajante tem duas opções: por terra ou por ar. 

De carro ou ônibus, o melhor trajeto é pela BR-242 até a cidade de Lençóis. A viação Real Expresso faz o percurso diariamente, com duração de 6h30.

De avião, o destino também deve ser Lençóis. A Azul opera o trecho de Salvador a Lençóis aos domingos.

Qual é o aeroporto mais próximo da Chapada Diamantina?

Aproveite os melhores preços de passagens aéreas
Passagens aéreas saindo de
Azul REC Recife SSA Salvador 27 Mar 29 Mar R$ 300 Azul REC Recife SSA Salvador 17 Mai 25 Mai R$ 302 Azul REC Recife SSA Salvador 01 Abr 04 Abr R$ 317 Gol REC Recife SSA Salvador 06 Mai 12 Mai R$ 320 Latam Brasil CGB Cuiaba SSA Salvador 27 Abr 27 Abr R$ 333 Ver mais ofertas

A principal porta de entrada na Chapada Diamantina é o município de Lençóis, a pouco mais de 430 km de Salvador.

O pequeno aeroporto da principal cidade-base de Lençóis é o único de toda a região que recebe voos comerciais.

Como a Azul é a única companhia aérea que voa para este destino, os preços das passagens podem variar bastante, dependendo da época em que você vai viajar, variando de R$ 200 a até R$ 1.500.

Para encontrar os melhores preços, a melhor dica é pesquisar bastante e com antecedência! Para potencializar a sua busca, recomendamos nosso site, Passagens Promo, que faz o trabalho pesado por você.

Nossa plataforma moderna e simplificada permite que o viajante faça quantas simulações quiser para encontrar as passagens aéreas mais baratas!

Para garantir que você não vai perder nenhuma promoção, crie um alerta para receber notificações quando o preço da passagem aérea desejada sofrer alguma alteração!

Qual a melhor época para visitar a Chapada Diamantina?

Um dos principais passos na hora de planejar a sua viagem é a definição de datas: e então, quando ir para a Chapada Diamantina?

Cada estação tem uma atmosfera toda especial no coração da Bahia, tornando a chapada um destino excelente em qualquer época do ano. O clima, no entanto, pode variar de acordo com as duas estações bem-definidas da região.

A temporada chuvosa acontece entre os meses de novembro a março: nesse período, as temperaturas disparam acima de 30°C e o clima fica bastante úmido, com muita chuva. 

Nesse período, os rios ficam em nível máximo, com bastante volume de água. Embora seja a melhor época para ver as cachoeiras em força total, as trilhas acabam mais escorregadias, dificultando alguns trajetos.

A temporada seca ocorre de maio a setembro, com temperaturas um pouco mais amenas e estiagem prolongada, facilitando caminhadas e trilhas em meio à natureza. 

Em compensação, o fluxo de água sofre diminuição em algumas cachoeiras, que ficam com águas congelantes: nada que atrapalhe o seu mergulho, já que banhos gelados podem ser revigorantes!

Turismo na Chapada Diamantina

Já separou o papel e a caneta para anotar todas as nossas dicas para o seu roteiro? Confira as maiores belezas da Chapada Diamantina, Bahia!

O que fazer na Chapada Diamantina, pontos turísticos da Chapada Diamantina, Bahia, 

1. Morro do Pai Inácio

Chapada Diamantina morro do pai inácio
Fonte: Unsplash

Um dos principais lugares para conhecer em Chapada Diamantina,  o Morro do Pai Inácio é o endereço do mais belo pôr do sol da região, a 26 km de Lençóis.

A trilha que leva até o topo do morro é de nível fácil, com apenas 500 metros de comprimento. No caminho até o alto, aproveite para tirar fotos e contemplar a paisagem.

Ali é possível ver o Morro dos Três Irmãos e toda a imensidão da Chapada Diamantina, é uma experiência única e de beleza inigualável. 

O ingresso custa R$ 12 e as visitas são permitidas até as 17h: não se esqueça da lanterna para voltar depois do pôr do sol!

2. Serrano

Considerada a praia de Lençóis, Serrano fica a 10 minutos do centro da cidade, dentro do Parque Municipal da Muritiba.

Várias piscinas naturais se formam neste complexo de corredeiras, com diferentes tamanhos e níveis de profundidade: já imaginou curtir um ofurô natural só pra você?

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    3. Vale do Pati

    Conhecido como o trekking mais bonito do Brasil, o Vale do Pati, Chapada Diamantina, Bahia, fica em um dos pontos mais isolados da região, sem energia elétrica, sinal de celular ou estradas.

    Melhor destino para quem quer fazer uma imersão total na natureza, o Pati permite que o viajante explore dezenas de quilômetros em trilhas, com a possibilidade de se hospedar na casa dos nativos da região.

    Ou seja, dá pra conhecer tudo de maneira leve, sem a necessidade de carregar barracas ou alimentação pela trilha.

    Entre os destaques do Pati estão o Morro do Castelo, a Cachoeira do Funil e diversos mirantes.

    4. Poço Azul e Poço Encantado

    Chapada Diamantina poço azul
    Fonte: Unsplash

    Visitar o Poço Azul e o Poço Encantado oferece ao visitante a possibilidade de ver de perto um dos mais belos espetáculos naturais de luz do país.

    Os fachos de luz do sol entram por fendas nas pedras, refletindo nas águas cristalinas, em tons azuis, dentro das grutas.

    Não é possível nadar nos poços e o espetáculo de luzes tem data para acontecer: de abril a setembro no Poço Encantado e de fevereiro a outubro no Poço Azul, onde é possível fazer flutuação.

    5. Fazenda Pratinha

    Depois de explorar toda a região, nada melhor do que um balneário para relaxar. Com atrações para encher um dia inteiro de passeio, a Fazenda Pratinha, Chapada Diamantina, Bahia, é uma parada obrigatória para quem viaja em família.

    É possível fazer flutuação pelas águas transparentes do rio Pratinha, visitar a Gruta Azul, divertir-se em tirolesa, caiaque, pedalinho e até massagem.

    O ingresso custa R$ 40, mas cada atividade é cobrada separadamente.

    *valores referentes a pesquisa em setembro/2020

    6. Mirante do Camelo

    Menos popular que o Morro do Pai Inácio, mas tão exuberante quanto o “rival”, o Mirante do Camelo oferece um visual paradisíaco para contemplar a Chapada Diamantina do alto.

    O local é bem mais vazio que o Morro do Pai Inácio, sendo uma boa opção para dias de mais movimento: programe a sua visita para o fim da tarde para contemplar o belo pôr do sol no Mirante do Camelo, com entrada gratuita.

    7. Grutas

    Chapada Diamantina grupa
    Fonte: Unsplash

    A Chapada Diamantina vai muito além de cachoeiras, com diversas opções de grutas esperando pela sua visita.

    De fácil acesso, as grutas da Torrinha e da Lapa Doce são de fácil acesso, com várias opções de roteiro. 

    Se você tem espírito aventureiro, vale a pena conferir a Gruta da Fumaça e a Gruta do Lapão, onde é possível praticar rapel.

    8. Cachoeira da Fumaça

    Cachoeira da Fumaça, Chapada Diamantina, Bahia, fica dentro do Parque Nacional, se destaca por ser uma das maiores do Brasil

    Para chegar até o topo da cachoeira é preciso enfrentar 12 km de trilha (ida e volta) em nível moderado de dificuldade. 

    Se você já tem experiência em trekking e quer conhecer a Cachoeira da Fumaça por baixo, o percurso de 36 km é ainda mais difícil e exige acampamento para pernoite, mas tem um visual ainda mais selvagem.

    9. Cachoeira do Buracão

    Já imaginou nadar por um cânion estreito em meio às formações rochosas até chegar a uma das mais belas cachoeiras da região? Então conheça a Cachoeira do Buracão, Chapada Diamantina, Bahia!

    A queda d’água tem mais de 85 metros e, dependendo das condições climáticas, é possível chegar até o outro lado do véu de água.

    Se você pretende visitar a Cachoeira do Buracão, é obrigatório contratar um guia e utilizar colete salva-vidas para superar a forte correnteza. A vantagem é que, assim, até mesmo quem não sabe nadar consegue chegar até a cachoeira.

    10. Outras cachoeiras da Chapada Diamantina, Bahia

    Chapada Diamantina outras cachoeiras
    Fonte: Unsplash

    A Chapada Diamantina é um paraíso para os amantes de cachoeiras, concentrando algumas das quedas d’água mais bonitas do Brasil!

    Além das cachoeiras mencionadas acima, existem diversas outras na região de Lençóis, como as cachoeiras do Mosquito, do Sossego, do Poção, do Palmital, do Samuel e do Poço do Diabo.

    No Vale do Capão, os destaques são a Cachoeira do Riachinho, da Angélica e da Purificação. Em Itaetê, visite a Cachoeira do Herculano e a Cachoeira Encantada.

    Quer testar seus limites em trilhas mais desafiadoras? Então inclua as cachoeiras da Fumacinha, do Mixila e do Capivari em seu roteiro. 

    Se você prefere uma experiência mais selvagem, explore as cachoeiras do Vale do Pati.

    Roteiro Chapada Diamantina

    Montar um roteiro de viagem para Chapada Diamantina, Bahia, pode ser uma tarefa complicada. Afinal, estamos falando de uma região de área imensa, com distâncias de dezenas de quilômetros entre algumas atrações.

    Uma boa dica é utilizar Lençóis como cidade-base e contratar os passeios com uma agência de turismo. 

    As empresas da região são especialistas em montar roteiros de acordo com a quantidade de dias que você vai passar por lá, incluindo a possibilidade de pernoite em municípios diferentes para poupar as energias do viajante.

    O que levar para Chapada Diamantina?

    Na hora de montar a sua mala, alguns itens não podem ficar para trás, como uma boa mochila impermeável para carregar seus pertences, calçados adequados para a prática de trekking e roupas leves, que ofereçam proteção UV.

    Lembre-se de que a temperatura pode cair à noite, especialmente em cidades mais altas, então não se esqueça de levar um casaco, preferencialmente do tipo corta-vento.

    Os insetos fazem parte da aventura, então não se esqueça de um bom repelente, além de boné, filtro solar e óculos escuros para se proteger do sol.

    Vai visitar grutas, cavernas ou pretende fazer passeios noturnos? Coloque a lanterna na mala!

    Hospedagem na Chapada Diamantina, Bahia

    Estamos falando de uma região que ocupa mais de 38 mil km², com atrações distribuídas para todos os lados. Isso quer dizer que escolher uma cidade-base com localização estratégica pode fazer toda a diferença na sua viagem!

    Na hora de escolher onde ficar na Chapada Diamantina, vale a pena optar pelas principais cidades da região, ou seja, Lençóis, Mucugê, Vale do Capão e Igatu, onde se encontra boa infraestrutura e ofertas de passeios pela região.

    Lembre-se de que você estará em um destino de ecoturismo, harmonioso com a natureza, o que significa que a maior parte das pousadas na Chapada Diamantina, Bahia, tem estilo mais rústico e simples, com foco na paisagem.

    Os preços variam, mas é possível encontrar hospedagem em quarto duplo, com ar-condicionado e café da manhã a partir de R$ 150, em média.

    Em caso de orçamento mais limitado, uma boa dica é explorar as áreas de camping ou alugar quartos mais baratos em casas de moradores da região, uma prática relativamente comum na chapada.

    *preços referentes a pesquisa em setembro/2020

    Quanto custa ir para a Chapada Diamantina?

    Chapada Diamantina quanto custa
    Fonte: Unsplash

    Sua viagem para a Chapada Diamantina, Bahia, vai custar o quanto você puder pagar: a região tem opções para todos os bolsos e perfis de viajantes, desde resorts de luxo a campings bem econômicos.

    Se você pretende experimentar os melhores pratos da culinária local, é melhor reservar uma boa fatia do seu orçamento, já que os restaurantes podem ter preços mais salgados em regiões de grande fluxo de turistas.

    Para economizar, uma boa dica é comprar alguns produtos no supermercado para montar lanches caseiros para levar na mochila durante os passeios.

    Em termos de hospedagem, esteja preparado para pagar entre R$ 90 e R$ 150 por quartos simples, incluindo café da manhã. 

    O principal gasto do viajante na Chapada Diamantina é com passeios: o valor mínimo é de R$ 30, podendo chegar a mais de R$ 200. Roteiros de três dias podem sair por R$ 650, incluindo alimentação, transporte e entradas para as atrações.

    E fique atento! É melhor levar dinheiro em espécie para a viagem. Não existem caixas eletrônicos 24 horas e muitos estabelecimentos na maioria das cidades nem sequer aceita cartão de crédito.

    *preços referentes a pesquisa em setembro/2020

    Encontre as melhores ofertas de passagens aéreas para a Bahia!

    Aproveite os melhores preços de passagens aéreas no Passagens promo
    Passagens aéreas saindo de
    Azul REC Recife SSA Salvador 27 Mar 29 Mar R$ 300 Azul REC Recife SSA Salvador 17 Mai 25 Mai R$ 302 Azul REC Recife SSA Salvador 01 Abr 04 Abr R$ 317 Gol REC Recife SSA Salvador 06 Mai 12 Mai R$ 320 Latam Brasil CGB Cuiaba SSA Salvador 27 Abr 27 Abr R$ 333 Ver mais ofertas

    Os preços das passagens para a Chapada Diamantina, Bahia, podem variar de R$ 200 a R$ 1.500. A melhor maneira de encontrar o preço mais baixo é com muita pesquisa.

    Nessa tarefa, conte com o nosso site, Passagens Promo, que garante os melhores preços, não importa o destino! Para não perder nenhum desconto, acione o nosso alerta de preço!

    Conhecer as belezas da Chapada Diamantina gastando pouco? De Promo você pode!

    *preços referentes a pesquisa em setembro/2020


    Leia também:

    Recomendado para você
    São Bernardo do Campo, SP: mapa, clima e atrações turísticas

    São Bernardo do Campo, SP: mapa, clima e atrações turísticas

    O que fazer em Cunha: quando ir, o que conhecer e roteiro para 3 dias

    O que fazer em Cunha: quando ir, o que conhecer e roteiro para 3 dias

    Circuito das Águas: roteiros em Minas Gerais e São Paulo

    Circuito das Águas: roteiros em Minas Gerais e São Paulo

    O que fazer em Holambra: como ir, melhor época e pontos turísticos

    O que fazer em Holambra: como ir, melhor época e pontos turísticos

    Pontos turísticos de Alagoas: atrações, passeios e roteiros alternativos

    Pontos turísticos de Alagoas: atrações, passeios e roteiros alternativos

    Cidades do Rio Grande do Sul: principais destinos do estado

    Cidades do Rio Grande do Sul: principais destinos do estado