Cusco no Peru: quando ir, informações, dicas de turismo e passeios

A cidade de Cusco, no Peru, é a porta de entrada para um dos mais interessantes sítios arqueológicos do mundo: o Império Inca.

Para quem sonha em visitar as ruínas dessa antiga civilização, que tal se informar antes sobre os detalhes desse destino fascinante, que reserva experiências únicas aos seus visitantes?

Vem com a gente e saiba quando ir, os melhores passeios e dicas de turismo para fazer uma viagem incrível!

Já comece sua viagem economizando na passagem aérea! Confira os melhores preços no Passagens Promo

Cusco: dicas para aproveitar a cidade peruana

Para quem quer fazer os melhores passeios em Cusco, é bom entender como funciona o turismo na região. Afinal, você vai querer viver toda a magia que a cidade tem!

Se o objetivo é conhecer os diversos sítios arqueológicos, uma dica é adquirir um bilhete completo.

Ele te dará acesso a diferentes atrações com um bom desconto, ao invés de comprar ingressos de forma individual, que acaba saindo mais caro.

Na hora de montar o seu roteiro para visitar todas as ruínas e atrações históricas, não deixe de contratar um guia turístico que conhece cada cantinho de Cusco e a história do povo inca.

Para conhecer os sítios arqueológicos, é possível percorrer a região de ônibus ou carro alugado, tudo vai depender do estilo da sua viagem.

Na cidade Cusco, Peru, é possível conhecer os centros históricos a pé. Então, não esqueça de levar um calçado bem confortável.

História de Cusco

Nada melhor do que entender a história dessa região que abrigou uma das mais misteriosas civilizações do mundo.

Cusco foi um importante centro para a comunidade Inca. A verdade é que a sua história se mistura com a antiga civilização.

Quando os incas começaram a se estabelecer na região, a cidade era separada em duas áreas: Húrin, na parte mais baixa, e Hana, na parte alta.

Reza a lenda que a fundação da cidade foi comandada pelo Inca Manco Capac entre os séculos XI ou XII, que governou a região por muito tempo.

Em 1532, após o fim do Império Inca, a cidade foi invadida e saqueada pelos espanhóis, sendo que muitos edifícios foram destruídos por determinação do governo da Espanha. 

A cidade se reergueu e se tornou uma das regiões mais turísticas do país.

Qual a melhor época para viajar para Cusco?

Cusco melhor época para visitar
Fonte: Pxhere

Antes de montar um roteiro com os pontos turísticos em Cusco, Peru, é fundamental saber qual é a melhor época para visitar a região. Cusco divide-se em períodos secos e chuvosos.

Para quem quer conhecer os sítios arqueológicos, viaje para a cidade entre os meses de maio e setembro, durante o inverno, quando as chuvas são quase que inexistentes, mas com temperaturas bem baixas, em média 10° graus.

Mas vá com agasalho, pois durante a noite as temperaturas podem ficar abaixo de zero. O verão, entre dezembro e março, é marcado por chuvas, o que pode acabar comprometendo alguns passeios. 

Por isso, para conhecer de tudo sobre Cusco e aproveitar bem seu passeio, fique atento às estações.

Temperatura e clima em Cusco

Rodeada por montanhas que podem chegar a 6 mil metros de altura, Cusco fica localizada em uma parte da Cordilheiras dos Andes a 3.400 metros acima do nível do mar.

Devido a isso, a região conta tem clima subtropical de altitude, temperado e seco. Ao longo do ano, as temperaturas variam bastante. Mesmo do dia para a noite as diferenças já podem ser bem significativas.

Em média, a temperatura máxima fica entre 18° e 20° e as mínimas entre 0° e 6°C.

Documentação necessária para a sua viagem ao Peru

Além de dicas de viagem para Cusco, precisamos falar também sobre a parte burocrática para viabilizar a sua ida ao Peru. Primeira e ótima informação: turistas do Brasil não precisam obter visto de turismo para entrar no país.

Aliás, nem mesmo o passaporte é necessário, basta apresentar o documento de identificação, ou seja, o RG. Fácil, não é mesmo?

Apesar de não ser obrigatório, é extremamente importante viajar assegurado! Cote aqui no Seguros Promo seu seguro viagem com 15% de desconto

Passagens aéreas para Cusco

E por falar em como entrar no país, as passagens aéreas devem receber muita atenção, pois podem ser o item bem caro, ainda mais se deixar para última hora.

Mas dá pra encontrar opções que cabem no seu bolso! uma dica é começar as suas pesquisas com bastante antecedência para ter uma ampla oportunidade de conseguir ótimos preços.

Nosso site, Passagens Promo, é um ótimo lugar para ter acesso às passagens mais baratas do Brasil, além de promoções e descontos!

Cadastre-se no site e seja avisado sempre que os valores do trecho escolhido baixarem.

O que não pode deixar de fazer em Cusco?

Com tantos pontos turísticos em Cusco, Peru, não podemos correr o risco de deixar nada para trás, não é mesmo? Então anota aí todos os locais que precisam fazer parte do seu roteiro do Peru!

Não deixe de fazer um tour pelo centro histórico e conhecer lugares como a Plaza de Armas e o Convento de San Domingos, que foi um centro político e religioso do Império Inca importante, além da Catedral de Cusco.

Ainda na cidade, visite o Mercado Central, que vende os mais diferentes tipos de produtos. 

Nos arredores de Cusco, conheça a Montanha Colorida, o Parque Arqueológico Sacsayhuaman e o Coricancha, um antigo local de adoração do povo inca.

Inclua na sua lista, a Laguna Humantay, o Vale de Urubamba, o Chinchero, o Pisac, o Parque Arqueológico Ollantaytambo e o Salinas de Maras. 

Depois de conhecer todos estes locais, você poderá dizer que conheceu Cusco de ponta a ponta!

Mapa turístico de Cusco

Repleta de atrações espetaculares, nada melhor do que ter um mapa de Cusco e arredores para se localizar por lá. Para te ajudar, preparamos este mapa para você.

1. Plaza de Armas

No seu roteiro sobre o que fazer em Cusco, comece pela Plaza de Armas, uma das áreas mais centrais e importantes da cidade. 

O local recebe muitos eventos, festivais e concertos, além de ter muitos monumentos e edifícios históricos, como a Catedral de Cusco.

Na época do Império Inca, a praça tinha o nome de Huacaypata, que significa Praça dos Guerreiros. Ela sediava muitos desfiles e comemorações, além de ser testemunha de momentos históricos do país.

2. Convento San Domingo

Cusco: Convento de Santo Domingo
Fonte: Freeimages

A arquitetura do Convento de Santo Domingo já chama a atenção por causa da sua estrutura feita de pedra, sendo uma das construções mais antigas da cidade.

Durante o antigo império, o edifício servia como um centro religioso e político para a população. O local possui ainda o templo Qoricancha, ou Coricancha, espaço onde o povo fazia homenagem ao deus Sol.

Mesmo sendo parcialmente destruído em um terremoto, o Convento ainda segue firme e tem atualmente um rico acervo com telas datadas dos séculos XVII e XVIII.

Está gostando do conteúdo?
Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!

Fique tranquilo, não enviamos spam!

E-mail cadastrado com sucesso!
A partir de agora, você receberá as melhores
dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

3. Catedral de Cusco

Como já falamos, a Catedral de Cusco fica na Plaza de Armas. Não deixe de dar uma passada lá para conhecer o interior da igreja, que é incrível. Você encontrará um amplo acervo com pinturas religiosas.

Construída entre os anos de 1560 e 1654, a igreja é conhecida também como Catedral Basílica da Assunção da Virgem, sendo um dos mais visitados pontos turísticos em Cusco, Peru.

4. Montanha Colorida

Cusco: Montanha Colorida
Fonte: Pixabay

Pensa em um lugar surreal. Essa é a Montanha Colorida, chamada também de Montanha de Sete Cores. Como você já pode ter imaginado, a montanha é formada por diferentes tonalidades, tornando a paisagem espetacular.

A coloração da montanha é proveniente da sua composição química e dos minerais presentes no solo da região. 

Se quer chegar até lá, saiba que precisará de muita disposição, pois o trekking é pesado, Mas vale o esforço!

5. Parque Arqueológico Sacsayhuamán

Prepare a câmera fotográfica e o coração, pois Sacsayhuaman é uma das ruínas mais impressionantes do planeta, além de ser um dos principais locais de visitação por quem faz turismo em Cusco, Peru.

O local é datado do século XV, sendo estabelecido durante o Império Inca

Segundo estudos, para erguer as construções feitas de pedras, estima-se que aproximadamente 20 mil homens trabalharam na extração das pedras das redondezas.

Mesmo com toda a sua imponência, acredita-se que apenas 40% da antiga cidade ainda permanece de pé.

6. Coricancha

Cusco: Coricancha
Fonte: Pixabay

Ao buscar o que fazer no Peru, inclua a Coricancha, construção antiga que foi um pólo religioso, político e geográfico da cidade durante o Império Antigo. Suntuoso, o local foi erguido em pedra, com várias dependências.

Segundo a história, Coricancha servia para adorar o deus Inca e o deu Sol, além de abrigar uma riqueza em ouro. Reza a lenda que até paredes eram cobertas com o valioso metal.

No jardim, toda a riqueza do lugar também era vista em estátuas de animais feitas em ouro. Infelizmente, a maioria dessas peças foram enviadas à Espanha. 

7. Mercado Central da cidade de Cusco

De volta para a cidade, entre uma expedição e outra, visite o Mercado Central, um local excêntrico e que também faz parte dos imperdíveis passeios em Cusco.

Você encontrará muitas barracas vendendo diferentes produtos: flores, frutas, especiarias, frios, grãos, bebidas e muito mais. 

O que fazer nos arredores de Cusco?

Algumas das atrações mais populares na região ficam fora de Cusco. Aproveite para saber dos pontos turísticos que podem ser visitados para aproveitar a viagem. Anote aí:

Laguna Humantay

Cusco: Laguna Humantay
Fonte: Unsplash

Para quem pensa que Cusco é feito apenas de centros históricos e sítios arqueológicos, está enganado.

A região tem muito a oferecer, como a incrível Laguna Humantay, uma enorme lagoa com tonalidade verde e azul aos pés de montanhas repletas de neve.

Conseguiu imaginar o cenário? O local está a quase 4.630 metros acima do nível do mar, sendo rodeada por montanhas nevadas, que podem atingir mais de 5 mil metros de altura.

Vale de Urubamba

Ao fazer turismo em Cusco, Peru, o Vale de Urubamba deve fazer parte da sua rota. 

A região foi uma importante fonte de alimento para o Império Inca por causa da sua geografia e pelo percurso do rio Urubamba passar pelo vale. 

O Vale de Urubamba é composto também por pequenos vales, monumentos arqueológicos e comunidades indígenas.

Chinchero

Cusco: Chinchero
Fonte: Pixabay

A bela Chinchero é um daqueles locais que você poderá mergulhar na cultura peruana. Ela é uma cidade que fica em uma altitude de 3.760 metros, na estrada até Urubamba.

Certamente será uma parada no seu caminho até o Vale do Urubamba. Por lá, há ruínas que estão dispostas em vários terraços. 

Muitas construções foram erguidas no Império Inca, como a praça central e a igreja Virgem da Natividade, datada de 1600.

Ao visitar a região, você encontrará muitos vendedores de artesanatos pelas praças e ruazinhas da cidade.

Pisac

Para quem está pensando que já viu sobre todas as atrações espetaculares da cidade Cusco, Peru, saiba que há ainda muitos outros lugares incríveis para conhecer, como Pisac.

Suas ruínas são datadas dos períodos pré-inca e inca, sendo que, no passado, toda a região funcionava como um centro administrativo do Império Antigo. 

A arquitetura do local foi projetada minuciosamente para evitar que possíveis terremotos pudessem comprometer a estrutura. Você verá montanhas com espécies de degraus. É muito interessante!

Parque Arqueológico Ollantaytambo

Cusco: Parque Arqueológico Ollantaytambo
Fonte: Pxhere

O Parque Arqueológico Ollantaytambo te deixará sem palavras. Com ruínas que fizeram parte de uma das cidades mais importantes do Vale Sagrado durante o Império Inca, a região ainda é habitada

Ruas de pedras, construções imponentes feitas de rochas, moradores em trajes típicos. Tudo isso nos faz voltar ao tempo e entender o motivo de, em Cusco, o Império Inca ainda fascinar e intrigar o mundo todo.

Salinas de Maras

Para finalizar essa viagem incrível, conheça as Salinas de Mara, outro local que te deixará de queixo caído. O lugar abriga cerca de três mil salinas com mais de 2 mil anos de existência.

Ele não é somente um ponto turístico. As Salinas de Maras ainda é fonte de renda para muitos peruanos que vivem na região. Por lá, é possível caminhar entre os tanques de sal e apreciar a paisagem branquinha.

Dicas de viagem para Cusco

Dicas de viagem para Cusco
Fonte: Unsplash

Passeios em Cusco não faltarão. Além de se divertir e conhecer lugares magníficos, é importante ter alguns cuidados durante a viagem, começando pela altura.

O mal da altitude pode te trazer muito desconforto. Se não vive em regiões altas, certamente você sentirá o soroche, como é conhecido. 

Por isso, uma dica é beber bastante água, fazer refeições leves e tirar sempre um tempo para descansar.

Na hora de montar a sua mala, mesmo que a sua viagem seja marcada para o verão, não esqueça de levar agasalhos, pois durante a noite as temperaturas caem bastante. 

No inverno, priorize roupas bem pesadas, pois faz muito frio por lá. E ainda assim, leve seu protetor solar, bem como chapéu ou boné. 

Quando estiver se acostumando melhor, prove as comidas típicas do Peru!

Para se hospedar em Cusco, escolha acomodações ao entorno da Plaza de Armas, que fica bem perto das principais atrações. 

Cotação passagens aéreas para Cusco

Tenha certeza que conhecer Cusco será uma experiência inesquecível e enriquecedora. Mas para a viagem ser ainda mais perfeita, nada melhor do que encontrar passagens aéreas baratas, não é mesmo?

Então, a nossa dica é concentrar as suas pesquisas no nosso site comparador, Passagens Promo, que garante os melhores preços, descontos e promoções.

Quer viajar barato? De Promo você pode!