Ilha do Cardoso: conheça onde fica, como ir visitar e o que fazer nessa cidade paulista

Verdadeiro refúgio em meio à mata atlântica, a Ilha do Cardoso é um dos melhores destinos de praia no litoral sul paulista, onde os visitantes têm a oportunidade de curtir a natureza com conforto e comodidade.

Mais de 90% do território da ilha é formado por vegetação nativa muito bem preservada, habitat de centenas de espécies animais e botânicas, por onde estão distribuídas cachoeiras, trilhas e praias paradisíacas.

Que tal começar a planejar uma viagem para esse destino fantástico agora mesmo? Vem com a gente conferir dicas incríveis que vão te ajudar a montar seu roteiro!

Consulte os preços incríveis de passagens aéreas com até 35% de desconto neste link!

Ilha do Cardoso: belezas naturais no litoral paulista!

Pense em uma ilha praticamente deserta, com sua vegetação intocada, praias selvagens de água cristalina e pequenos vilarejos ocupados por descendentes de indígenas.

Se você está pensando em um canto isolado da Amazônia ou algum lugarejo escondido no Nordeste, é melhor reconsiderar! Estamos falando da belíssima Ilha do Cardoso, São Paulo!

A um bate-volta da maior metrópole do Brasil esconde-se um destino digno de cartão-postal! Onde a energia elétrica ainda não chegou, o trânsito de carros é proibido e o foco é a preservação do meio ambiente.

Tudo isso no estado mais populoso do país!

Tombada como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco por ser Reserva da Biosfera, a ilha é um dos lugares mais rústicos que você encontrará no Brasil, e pode ser o destino perfeito para a sua próxima viagem!

Ilha do Cardoso: história

Ilha do Cardoso: história
Fonte: Pixabay

Os 13,5 mil hectares da ilha fazem parte do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, fundado em 1962. Mas a região é ocupada muito antes disso, desde o período pré-colonial, por indígenas e seus descendentes.

Por isso, você poderá visitar ruínas coloniais e sambaquis, ou “montanhas” de conchas produzidas artificialmente pelos povos indígenas, que ajudam a contar a história local.

Hoje, vivem na área caiçaras, pescadores e poucos grupos que subsistem graças ao turismo. Incluindo uma comunidade guarani-mbya, que migrou para a ilha no começo da década de 1990.

Onde fica Ilha do Cardoso?

Cardoso é uma ilha em São Paulo que pertence ao município de Cananéia, no Vale do Ribeira, a cerca de 245 km de distância da capital paulista.

A ilha fica quase na divisa com o Paraná e está pertinho da capital paranaense, Curitiba, situada a apenas 138 km.

Como ir para a Ilha do Cardoso?

Como ir para a Ilha do Cardoso?
Fonte: Onlyyouqj / Freepik

O viajante pode optar por desembarcar nos aeroportos de São Paulo ou Curitiba para visitar essa paradisíaca ilha praticamente intocada. 

A partir daí, o trajeto deve ser feito por terra e, posteriormente, pela água.

O percurso até a Ilha do Cardoso a partir de São Paulo é feito pela rodovia Régis Bittencourt (BR-116) até a cidade de Registro, onde o viajante deve convergir para a saída 464 para a rodovia SP-226.

Siga as placas que indicam Pariquera Açu, Iguape e Cananéia, e avance por 27 km até a rotatória que oferece acesso à estrada Prefeito José Herculano de Oliveira Rosa. Depois, é só seguir pelo último trecho até Cananéia.

Ao chegar à cidade, você deverá encontrar um estacionamento para o seu carro, pois você não poderá acessar a ilha de automóvel.

Desloque-se até o píer, de onde partem barcos rumo à ilha: você poderá optar entre escunas (mais baratas e lentas, fazem o percurso em cerca de 3 horas). Ou lanchas (mais caras, chegam ao Núcleo do Marujá em apenas 1 hora).

Como ir da Ilha Comprida para Ilha do Cardoso?

Quer combinar as piscinas naturais da Ilha Comprida com as belezas selvagens de Cardoso? Não se preocupe, pois o deslocamento entre as duas ilhas não é um bicho de sete cabeças.

Primeiro, você deve pegar em uma balsa no Píer de Cananéia até Ilha Comprida. Depois, é só embarcar em um barco de menor porte (escuna ou lancha) para concluir a travessia até Cardoso.

Ilha do Cardoso: quando ir?

Como estamos falando de um destino de mata atlântica, esteja preparado para enfrentar chuvas rápidas em qualquer época do ano. Especialmente nos meses mais quentes, de novembro a meados de março, período em que a temperatura chega a 29ºC.

Por isso, se você não quiser correr o risco de ter seu dia de praia interrompido por chuvas incessantes, a melhor alternativa para visitar a Ilha do Cardoso são os meses de abril a setembro.

Neste caso, porém, esteja preparado para enfrentar frio de até 13ºC à noite e temperaturas máximas amenas, em torno de 23ºC.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!
    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    Passagem para Ilha do Cardoso

    As passagens aéreas podem ser o item mais caro de qualquer viagem, não importa o destino, mas isso não quer dizer que você não pode economizar.

    Para isso, recomendamos uma visita ao nosso site de buscas, Passagens Promo, que te ajuda a comparar ofertas e a identificar o momento mais barato para viajar.

    Você pode, por exemplo, simular o desembarque no Aeroporto de Curitiba ou nos aeroportos paulistanos para descobrir qual a opção mais econômica para sua viagem.

    Não deixe de acionar o alerta de preços para não perder nenhuma promoção para o destino desejado e siga as redes sociais do Passagens Promo para ficar por dentro das novidades do mundo das viagens.

    Melhores passagens aéreas para os aeroportos de SP!
    Passagens aéreas saindo de

    Ilha do Cardoso: mapa

    A ilha ocupa mais de 13 mil hectares de mata atlântica bem preservada, onde vivem espécies de animais que não existem em nenhum outro lugar! Confira no mapa!

    O que fazer na Ilha do Cardoso?

    O clima “roots” da ilha é o suficiente para fazer qualquer viajante entrar no clima da praia, sem energia elétrica, sinal de internet ou trânsito de veículos.

    A cada passeio, a sensação é de estar em um lugar exclusivo, deserto, guardado apenas para você.

    Para aproveitar sua estadia o máximo possível, a melhor opção é montar um bom roteiro de viagem, que inclua as atrações e os passeios mais imperdíveis.

    Nesse sentido, fizemos uma seleção com o que fazer na Ilha do Cardoso, veja só!

    Núcleo do Marujá

    Cardoso Marujá
    Fonte: Pexels

    A população que vive na ilha está concentrada em pequenos vilarejos, chamados de “núcleos”, cujo mais importante é o do Marujá.

    O local é o mais procurado por turistas por dispor da melhor infraestrutura da ilha, com posto de saúde, igreja e um telefone público, o que pode ser bastante útil, já que a região não recebe sinal de celular ou internet.

    As ruas são de areia fofa e a noite é iluminada por luzes à base de gerador, que são desligadas depois das 23h.

    É no Marujá que fica o principal píer da ilha, que recebe os barcos a partir do continente e de Ilha Comprida e de onde saem as embarcações em passeio pela região.

    Marujá abriga, ainda, a praia mais extensa de Cardoso, com 18 km de faixa de areia batida e águas limpas, embora turvas, resultado dos rios que deságuam neste ponto da ilha.

    Para chegar até a praia, basta uma caminhada de 10 minutos a partir da vila. Lembre-se de caprichar no filtro solar, pois o trajeto não tem trecho de sombra.

    Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para seguro viagem, hotel, e muito mais! Clique aqui e confira.

    Núcleo do Perequê

    No lado oposto da ilha em relação a Marujá fica o Núcleo do Perequê, um dos mais pitorescos de Cardoso, considerado sede do parque estadual.

    No local, os visitantes encontram alguns poucos, porém ótimos restaurantes, além de um Centro de Informações Turísticas, onde você pode aprender mais sobre os principais atrativos da ilha.

    O Núcleo do Perequê também oferece fácil acesso a algumas das mais belas trilhas de Cardoso, incluindo a Trilha do Poço das Antas e a Trilha do Manguezal, que leva à Praia do Pereirinha.

    A região não abriga tantas pousadas quanto a região de Marujá, mas também pode ser uma boa alternativa de hospedagem.

    Praias

    Praias Ilha do Cardoso
    Fonte: Guimaia13 / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

    A principal atividade turística durante o dia no Cardoso é curtir a praia. Qualquer uma delas. E, acredite, as opções são várias!

    Quanto mais ao norte do Núcleo do Marujá, mais selvagens tendem a ser as praias, como as da Lage, de Foles e Foles Pequeno.

    Algumas delas, com águas mais calmas, são recomendadas para quem deseja praticar snorkeling, como a praia de Cambriú.

    No extremo da ilha, no Pontal da Praia, você poderá testemunhar o encontro do rio com o oceano, em um espetáculo de cores e vida!

    A partir do Núcleo do Perequê, você poderá chegar às praias de Itacuruçá, também conhecida como Praia do Pereirinha, e Ipanema, onde golfinhos aparecem de tempos em tempos para premiar os turistas com sua presença.

    Vale a pena alugar uma bicicleta para se deslocar entre os 18 km de litoral da Praia do Marujá ao Pontal do Leste com mais agilidade e conforto.

    Não deixe de visitar o marco do Tratado de Tordesilhas, em Itacuruçá: a linha imaginária que dividia a América espanhola da portuguesa passava justamente sobre a ilha.

    Trilhas

    Enquanto o sol brilha, os visitantes se dividem entre as belas praias e suas dezenas de quilômetros de trilhas, nos mais variados níveis de dificuldade.

    A partir da ponta da Praia da Lage, por exemplo, os banhistas podem percorrer um trecho de mata nativa até chegar ao rio Cambriú, onde ficam as paradisíacas Piscinas da Lage, poços de água cristalina em diferentes tons de verde.

    Se você estiver saindo da sede do parque estadual, é possível seguir as trilhas que levam ao Poço das Antas e à Cachoeira do Ipanema.

    Quem procura trilhas mais curtas, que não exigem nível avançado de experiência, pode gostar da Trilha do Morro das Almas, que percorre 2 km em meio a árvores carregadas de bromélias.

    Para escolher a melhor trilha para o seu passeio, consulte os monitores na sede do parque: eles são especializados em oferecer a melhor opção para cada viajante.

    Além disso, você deve ficar atento às exigências da trilha escolhida: algumas delas só podem ser percorridas na companhia de um guia turístico.

    Avistamento de Golfinhos

    Você sabia que a ilha é considerada um verdadeiro paraíso para amantes de golfinhos e botos? 

    Muitas vezes, os viajantes são recebidos pelos simpáticos habitantes do mar logo na chegada à ilha. É normal que golfinhos, botos e aves marinhas sigam os barcos que se deslocam de Cananéia a Cardoso.

    Os barqueiros que operam na região também organizam excursões para avistamento de golfinhos, especialmente nas proximidades das praias Itacuruçá ou Pereirinha.

    Em outras palavras, uma oportunidade imperdível de ver de perto a riqueza da diversidade animal na região!

    Cananéia

    Para chegar à ilha, você inevitavelmente precisará passar pela cidade de Cananéia, um destino colonial fundado em 1502. E por ninguém menos que Américo Vespúcio em sua primeira incursão pela região, pouco depois da chegada a Porto Seguro.

    A cidade abriga um bem preservado casario histórico, especialmente nos arredores da Praça Martim Afonso de Sousa, como a fotogênica igrejinha de São João Batista.

    Ilha do Cardoso: restaurante

    Ilha do Cardoso: restaurante
    Fonte: Pexels

    Que tal aproveitar a sua visita à Ilha do Cardoso para saborear as delícias da culinária local? 

    A região é uma das maiores produtoras de ostras e mariscos do Brasil! Por isso, é fácil encontrar peixes e frutos do mar fresquinhos nos principais restaurantes locais.

    A Pousada da Débora tem seu restaurante aberto a não-hóspedes e serve cardápio variado no café da manhã, incluindo crepes, sanduíches, bolos e biscoitos artesanais, pastéis, entre outras iguarias.

    Na hora do almoço, conheça as delícias do mar servidas no Recanto do Marujá ou no aconchegante Recanto dos Golfinhos, em Marujá e Perequê, respectivamente.

    No fim do dia, ainda nas primeiras horas da noite, não deixe de curtir o forró da pracinha principal do Núcleo Marujá: o jeito perfeito para encerrar o dia em um verdadeiro paraíso praiano!

    O que levar para a Ilha do Cardoso?

    Na hora de fazer suas malas para a viagem, você precisa ficar atento a alguns itens que podem fazer falta durante a sua estadia. 

    Afinal, a ilha não dispõe de muitos pontos de comércio, e você pode acabar ficando na mão se esquecer algum item indispensável.

    Nesse sentido, não deixe de embalar roupas de banho, toalhas, tênis para caminhada, boné ou chapéu para se proteger do sol, filtro solar, repelente e roupas adequadas para trilha.

    Como chove durante boa parte do ano na ilha, vale a pena colocar uma capa de chuva na mala, bem como um agasalho para se aquecer no cair da noite.

    Promoção de passagem para Ilha do Cardoso

    As atrações paradisíacas da Ilha do Cardoso estão esperando por você! Agora, só falta comprar as suas passagens aéreas para conhecer esse refúgio tropical pertinho de São Paulo e Curitiba!

    Faça a cotação de passagens aéreas baratas em nosso site de buscas, Passagens Promo, que te ajuda a encontrar o momento mais barato para viajar.

    Não se esqueça de ativar o alerta de preços para não perder nenhuma promoção para o destino desejado.

    Quer conhecer as belezas da Ilha do Cardoso com economia? De Promo você pode!

    Melhores passagens aéreas para os aeroportos de SP!
    Passagens aéreas saindo de
    Latam Brasil LDB Londrina GRU São Paulo 08 Dez 14 Dez R$ 254 Latam Brasil RAO Ribeirao Preto GRU São Paulo 08 Fev 17 Fev R$ 264 Latam Brasil JJG Jaguaruna CGH São Paulo 08 Dez 09 Dez R$ 269 Latam Brasil RAO Ribeirao Preto GRU São Paulo 08 Fev 17 Fev R$ 274 Latam Brasil LDB Londrina GRU São Paulo 01 Jul 14 Jul R$ 276 Ver mais ofertas

    Continue sua leitura!

    Recomendado para você
    Pico do Jaraguá: veja como chegar, o horário de funcionamento e como aproveitar a viagem!

    Pico do Jaraguá: veja como chegar, o horário de funcionamento e como aproveitar a viagem!

    Passagens para São Paulo: descubra por que visitar a cidade!

    Passagens para São Paulo: descubra por que visitar a cidade!

    Águas de São Pedro: confira onde fica essa cidade paulista e dicas do que fazer por lá

    Águas de São Pedro: confira onde fica essa cidade paulista e dicas do que fazer por lá

    Ilha Comprida, SP: onde fica, clima, cidades nas proximidades e outras informações!

    Ilha Comprida, SP: onde fica, clima, cidades nas proximidades e outras informações!

    Santo Antônio do Pinhal: veja o que fazer, onde fica, melhores pontos turísticos e outras dicas interessantes

    Santo Antônio do Pinhal: veja o que fazer, onde fica, melhores pontos turísticos e outras dicas interessantes

    São Bento do Sapucaí: roteiro, o que fazer, mapa e dicas de viagem

    São Bento do Sapucaí: roteiro, o que fazer, mapa e dicas de viagem