Inhotim: tudo sobre o maior museu a céu aberto do mundo

Tudo em Inhotim parece monumental: o maior museu a céu aberto de todo o mundo tem diversas galerias, jardins, rotas e áreas verdes que abrigam obras e projetos de arte dos principais artistas da contemporaneidade.

Espécie de mistura entre museu de arte e jardim botânico, o instituto divide seu imenso acervo entre mais de 20 galerias, em uma área de mais de 20 km².

Criamos um guia completo com tudo o que você precisa saber sobre um dos principais museus do mundo e grande atrativo turístico da região metropolitana de Belo Horizonte, no coração de Minas Gerais.

Inhotim: roteiro pelas rotas, galerias e jardins

O Instituto Inhotim é um verdadeiro de oásis da arte contemporânea meio às serras de Minas Gerais, com várias possibilidades de rotas, galerias e jardins: o suficiente para fazer de cada visita única.

São mais de 500 obras de arte contemporânea distribuídas por uma área de 140 hectares de floresta e jardim botânico, em meio à mata atlântica: ou seja, conhecer todas as galerias em um único dia pode ser um grande desafio.

Reunimos tudo sobre Inhotim para te ajudar a planejar o seu próprio roteiro para explorar o museu e maximizar a sua visita.

Onde fica Inhotim?

Inhotim onde fica
Fonte: Unsplash

O Instituto Inhotim fica na região Central de Minas Gerais, a pouco mais de 60 quilômetros de Belo Horizonte, na cidade de Brumadinho.

Por conta da proximidade geográfica, o instituto é um popular ponto turístico de Minas, procurado por milhares de turistas e moradores locais todos os meses.

Como chegar em Inhotim?

Como fica bem pertinho da capital do Estado, o acesso ao maior museu a céu aberto do mundo é bastante facilitado.

A distância entre Belo Horizonte e Inhotim é de pouco mais de 60 quilômetros, que podem ser percorridos de carro, ônibus ou van, por meio de estradas bem-conservadas e bem-sinalizadas.

A empresa Saritur opera uma linha de ônibus com partida da rodoviária de Belo Horizonte, de terça a domingo, com ida às 8h30 e volta às 16h30, com custo total de R$ 60.

O próprio instituto oferece serviço de transporte por van, nos sábados, domingos e feriados, com ida e volta por R$ 60.

No site da instituição é possível encontrar todos os detalhes sobre como ir para Inhotim!

Mapa de Inhotim

A parte mais complicada da sua visita será o seu deslocamento dentro do parque: a área é bastante extensa e o ideal é evitar percorrer rotas longas demais para poupar energia!

Se você preferir, é possível alugar carrinhos elétricos (aqueles de golfe) para percorrer as distâncias com mais conforto e menos esforço físico.

Destacamos o mapa de Inhotim, com as principais atrações, para te ajudar a planejar suas rotas durante sua visita! Confira!

Voos promocionais para aeroportos próximos de Inhotim

Confira nossas promoções de passagens aéreas
Passagens aéreas saindo de
Latam Brasil BSB Brasília CNF Belo Horizonte 20 Mai 25 Mai R$ 158 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 19 Fev 23 Fev R$ 164 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 15 Jan 17 Jan R$ 181 Latam Brasil SDU Rio de Janeiro CNF Belo Horizonte 14 Abr 21 Abr R$ 187 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 28 Dez 05 Jan R$ 188 Ver mais ofertas

O Instituto Inhotim fica posicionado em uma região privilegiada, pois é atendida por dois grandes aeroportos: o Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, na Pampulha, e o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins.

Isso quer dizer que o visitante tem mais chances de encontrar passagens aéreas baratas para visitar Inhotim!

Para encontrar as melhores ofertas, utilize o melhor comparador de passagens aéreas do Brasil, o Passagens Promo.

Nossa plataforma permite a comparação de preços de diferentes companhias aéreas para o mesmo trecho, data e horário, e você pode até criar alertas para receber notificações quando surgir aquela oferta imperdível!

Qual a melhor época para ir a Inhotim?

A maior vantagem das cidades turísticas de Minas Gerais, incluindo Brumadinho (onde fica Inhotim) é que não existe época ruim para a visita. 

A temperatura tem média de 23°C, ou seja, você pode agendar sua viagem para qualquer época do ano sem se preocupar com as condições meteorológicas.

A única exceção é o período chuvoso: se você não quer fazer o passeio debaixo de chuva, é melhor evitar os meses de dezembro e janeiro.

Caso você prefira fazer a sua visita ao maior museu a céu aberto do mundo em um dia menos movimentado, evite o período de férias escolares, quando o fluxo de visitantes é intenso, e as quartas-feiras, quando a entrada é gratuita.

O que fazer em Inhotim?

Quem faz turismo em Minas Gerais encontra uma boa infraestrutura nas principais cidades do Estado, incluindo inúmeras opções turísticas. O museu de Inhotim não é exceção.

São mais de 20 galerias e 500 peças de arte contemporânea, em uma área de 140 hectares: ou seja, não falta opção do o que ver em Inhotim.

Destacamos as principais atrações para você montar o seu roteiro pelo maior museu a céu aberto do planeta!

Galerias

Inhotim galerias
Fonte: Unsplash

O museu tem 19 galerias fixas e outras quatro que abrigam exposições temporárias, mas é importante salientar que você estará em meio à arte durante todo o seu passeio: até mesmo os prédios das galerias são belas obras!

Alguns dos grandes destaques são o pavilhão de Claudia Andujar, com mais de 400 fotografias distribuídas por uma área de 1.600m², e a galeria de Adriana Varejão, uma das mais populares entre os visitantes.

Até a primeira obra a ser exposta no museu, em 2004, a mega instalação True Rouge, continua a encantar os visitantes. Para um mergulho sensorial, não deixe de visitar a galeria Psicoativa Tunga.

Obras de arte

Antes de mais nada, estamos falando de um museu de arte contemporânea. Ou seja, você pode esperar muitas obras de arte espalhadas por toda a área.

Uma das mais célebres obras de Inhotim é a simpática instalação Troca-Troca, do artista Jarbas Lopes, que apresenta três Fuscas com as latarias misturadas.

Outra instalação que atrai muitos visitantes é a Beam Drop Inhotim, de Chris Burden, que consiste em mais de 70 vigas de ferro fincadas no chão.

Rotas

É possível explorar toda a área do museu a partir de três rotas: rosa, amarela e laranja.

A rota amarela foi a primeira a ser criada (e por muito tempo foi a única do instituto) e, por isso, é onde está concentrada a maior parte das instalações artísticas e galerias do museu.

A rota rosa, por sua vez, passa por um dos lagos do instituto, pelo Centro de Educação e Cultura Burle Marx e por uma das obras mais populares do museu, de Hélio Oiticica.

A mais longa é a rota laranja, que passa por quatro jardins temáticos: Jardim Desértico, Jardim de Todos os Sentidos, Jardim de Transição e Vandário, um dos mais belos de todo o museu.

Jardins

Inhotim jardins
Fonte: Unsplash

Além das muitas galerias e instalações de arte, o instituto proporciona aos visitantes a experiência ímpar de caminhar entre belíssimos jardins, verdadeiras obras de arte paisagísticas.

Afinal de contas, devemos sempre nos lembrar que, além de museu de arte contemporânea, estamos falando também de um jardim botânico.

Um dos mais recentes é o Largo das Orquídeas, que, como o nome indica, é dedicado a nada menos que 17 mil espécimes da espécie Cattleya walkeriana.

Inspirado nas paisagens áridas do México, o Jardim Desértico é um dos mais populares entre os visitantes, com mais de 120 espécies de plantas que conseguem viver em ambientes secos.

Dedicado às plantas brasileiras, o Jardim Veredas ocupa cerca de 6.000 m², sendo 1.000 m² apenas de imensos espelhos d’água com plantas aquáticas.

Ao todo, são sete jardins temáticos para o deleite dos visitantes.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    Eventos

    Além do amplo acervo de arte contemporânea, dos muitos jardins, rotas e instalações, Inhotim sedia ocasionalmente eventos especiais de diversos tipos.

    Um dos principais destaques é o MECA Inhotim, considerado um dos mais importantes festivais de música do Brasil, previsto para ter a próxima edição entre os dias 25 e 27 de junho de 2021.

    Na virada do ano, o museu vira uma grande festa com a realização do Meca New Year, com diversas horas de programação cultural para celebrar o ano novo!

    Vale lembrar que os ingressos para cada evento são vendidos separadamente, por preços a serem definidos pelas organizações dos festivais.

    Restaurantes

    Você provavelmente vai passar o dia inteiro no museu e, uma hora ou outra, a fome vai bater! 

    A boa notícia é que você não precisa se preocupar com a alimentação: o instituto tem excelentes opções de restaurantes para diferentes gostos e bolsos.

    Alguns estabelecimentos ficam estrategicamente localizados em meio aos trajetos entre as galerias, como o charmoso Café do Teatro.

    Se a fome apertar de verdade, você poderá escolher entre dois restaurantes conceituados.

    Um deles é o Oiticica, que oferece vista para um belo lago e tem opção sem balança por R$ 38,90 por pessoa, sem contar a bebida.

    A outra alternativa é o Tamboril, com preço um pouco mais salgado: o buffet livre custa R$ 70 por pessoa.

    O que ver em Inhotim em um dia?

    Inhotim em um dia
    Fonte: Unsplash

    Se você planejar bem o seu roteiro, um dia pode ser o suficiente para conhecer Inhotim. Dificilmente, porém, você conseguirá ver todas as atrações em uma única visita.

    Uma boa alternativa é fazer uma pesquisa prévia sobre as principais obras e definir as galerias que você não quer perder. 

    Além disso, outra boa dica é comprar o ingresso com transporte interno para economizar tempo de deslocamento entre as galerias.

    As galerias que reúnem trabalhos de muitos artistas podem demandar mais tempo de visita, então se você quiser economizar tempo é bom optar pelas galerias dedicadas a um único artista.

    Não existe uma hierarquia óbvia das obras do instituto, então cada visitante pode ficar bem à vontade para fazer o roteiro que preferir. 

    Uma das alternativas é explorar o espaço tranquilamente e descobrir atrações ao acaso durante a manhã, reservando a tarde para visitar as galerias que estão no topo da sua lista de prioridades.

    Se preferir um roteiro mais organizado, escolha uma das rotas (amarela, rosa e laranja) para explorar o jardim botânico e museu.

    Quanto paga para entrar no Inhotim?

    O instituto tem diferentes faixas de preço, que dependem do dia da semana.

    Às terças e quintas, a entrada custa R$ 25 por pessoa. Sextas, sábados, domingos e feriados, o ingresso sobe para R$ 40. Nas quartas a entrada é gratuita e nas segundas o instituto fica fechado.

    Idosos com mais de 60 anos, crianças com idade entre 5 e 12 anos, estudantes e professores têm direito à meia entrada. Crianças com idade até 5 anos e associados do Amigos do Inhotim entram de graça.

    Eventos especiais têm preços específicos, definidos pela organização de cada evento, e devem ser adquiridos antecipadamente.

    Onde ficar em Inhotim?

    Inhotim onde ficar
    Fonte: Unsplash

    O visitante tem boas opções de pousadas e hotéis em Inhotim, mas quem quer pagar menos pela hospedagem deve optar pela estadia em Belo Horizonte.

    A capital tem um número maior de alternativas de hospedagem, o que ajuda o visitante a encontrar preços mais competitivos, sobretudo nos fins de semana, quando as diárias despencam.

    Uma boa dica é se hospedar em hotéis que fiquem mais próximos à rodoviária, de onde saem vans e ônibus rumo a Inhotim. Boas opções são o Quality Belo Horizonte, o San Diego Convention Lourdes ou o Ibis Budget Minascentro.

    Se você preferir se hospedar em meio à natureza e, de quebra, ainda mais perto do museu, vale a pena optar por hotéis e pousadas na região de Brumadinho.

    Pertinho do museu e com restaurante próprio, a Verde Villas é uma boa opção para quem busca um lugar aconchegante e com conforto. A pousada oferece serviço de transporte de ida e volta ao museu.

    Para curtir uma hospedagem em um hotel-fazenda ideal para quem viaja com família e/ou crianças, confira o Nossa Fazendinha.

    Economize nas passagens aéreas e conheça Inhotim!

    Os melhores preços de passagens aéreas você encontra aqui
    Passagens aéreas saindo de
    Latam Brasil BSB Brasília CNF Belo Horizonte 20 Mai 25 Mai R$ 158 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 19 Fev 23 Fev R$ 164 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 15 Jan 17 Jan R$ 181 Latam Brasil SDU Rio de Janeiro CNF Belo Horizonte 14 Abr 21 Abr R$ 187 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 28 Dez 05 Jan R$ 188 Ver mais ofertas

    Agora que você já sabe todas as maravilhas que te aguardam no maior museu a céu aberto do mundo, está na hora de economizar nas passagens aéreas para conhecer Inhotim!

    Você pode contar com a ajuda do melhor comparador do mercado nessa tarefa! 

    A plataforma simplificada e moderna do Passagens Promo permite que você compare as ofertas das melhores companhias de viagem para os aeroportos de Belo Horizonte em poucos cliques!

    É possível, inclusive, criar alertas para receber notificações caso os preços para o trecho desejado sofram alteração, como promoções imperdíveis!

    Conhecer um dos mais importantes museus do mundo gastando pouco? De Promo você pode!


    Leia também:

    Recomendado para você
    São João del Rei: roteiro de passeios imperdíveis na cidade histórica

    São João del Rei: roteiro de passeios imperdíveis na cidade histórica

    O que fazer em Ilhabela: praias, cachoeiras, trilhas e muito mais

    O que fazer em Ilhabela: praias, cachoeiras, trilhas e muito mais

    Serra da Bocaina: o que fazer no parque nacional e arredores

    Serra da Bocaina: o que fazer no parque nacional e arredores

    Parque Nacional da Serra do Cipó: conheça esse patrimônio mineiro

    Parque Nacional da Serra do Cipó: conheça esse patrimônio mineiro

    Santo André, Bahia: pontos turísticos para relaxar na vila rústica

    Santo André, Bahia: pontos turísticos para relaxar na vila rústica

    Chapada dos Guimarães: motivos para conhecer esse paraíso!

    Chapada dos Guimarães: motivos para conhecer esse paraíso!