Jerusalém: quanto custa, onde fica, o que fazer e mais!

A cidade de Jerusalém é uma das mais visitadas do mundo, sua história e costumes chamam atenção de vários turistas. Viajar para Jerusalém é aproveitar a oportunidade para conhecer melhor a história e vivenciar momentos profundos durante todo percurso realizado nos pontos principais que compõem Jerusalém.

Ao mesmo tempo que oferece uma riqueza cultural e na sua história, tem o seu traço marcante na religião. Vários religiosos ao redor do mundo tem o desejo de conhecer Jerusalém, para conhecer mais sobre a história e ver os lugares dos acontecimentos mais importantes. 

Onde fica Jerusalém? 

Não há dúvidas que Jerusalém é uma das cidades mais desejadas por várias pessoas, principalmente pelos religiosos, por carregar uma história importante para os cristãos, judeus e mulçumanos. 

Essa cidade tem um grande traço histórico e fica localizada no continente asiático e próxima ao Mar Mediterrâneo e ao Mar Morto. A área em que Jerusalém está situada é montanhosa no sul do país, Israel e Jerusalém é conhecida também como região Judeia. 

A paisagem da cidade é fascinante, visto que é cercada por vales, são eles: Vale do Cédron e o Vale do Tyropoen. 

Hoje em dia Jerusalém é comandada pelo estado de Israel e é considerada uma região sagrada por três religiões:

Os costumes religiosos dessas três religiões fazem com que a cidade seja rica culturalmente, além de ser uma cidade com uma história e arquitetura magníficas.

Como chegar em Jerusalém? 

Para chegar em Jerusalém é preciso desembarcar em outra cidade , já que na cidade não tem aeroporto. Por isso, é importante comprar passagens para cidades vizinhas que tem aeroporto.

A mais conhecida que recebe os visitantes para Jerusalém é Tel Aviv, já que são somente 65 quilômetros de distância. No Brasil é possível encontrar voos diretos para a Tel Aviv saindo de São Paulo.Os turistas que chegam em Tel Aviv que vão para Jerusalém tem a oportunidade de ir de duas formas a Jerusalém:

Dependendo de qual cidade está, o preço e a distância varia. O idioma que prevalece na cidade de Jerusalém é o hebraico e árabe, mas é comum encontrar guias e outros profissionais do ramo do turismo falando inglês, principalmente para facilitar a comunicação com os turistas. Dessa forma, é possível encontrar espalhadas por toda a cidade placas que são traduzidas nos três idiomas. 

Voe com economia e praticidade para qualquer lugar do mundo!

Aproveite o buscador de pesquisas do site Passagens Promo para encontrar os melhores valores de passagens aéreas. Com ele você terá acesso as melhores ofertas que cabem no seu bolso.

O que fazer em Jerusalém?

A cidade de Jerusalém é considerada uma das mais históricas do mundo. Por isso, desperta a curiosidade de vários turistas. Sem dúvidas alguma é uma cidade repleta de histórias e vários lugares que são relevantes que contam um pouco sobre a história da humanidade na visão religiosa. 

Cidade Velha 

É um dos pontos principais e mais visitados de Jerusalém A Cidade Velha que também é conhecida como Cidade Antiga é a parte mais antiga de Israel. Tem em sua volta grandes muralhas que estão em outros pontos turísticos da cidade: Muro das Lamentações, Basílica do Santo Sepulcro, Via Dolorosas e Cúpula da Rocha, que serão citados com mais detalhes nos próximos tópicos. 

Apesar do tempo, a Cidade Velha mantém até hoje seus principais aspectos históricos, com suas ruas estreitas e sinuosas que trazem uma panorama dos séculos passados. Vale destacar que na Cidade Velha tem nove portões que dão acesso ao local que é dividida em quatro bairros que são eles:

Dentre eles o bairro mais movimentado é o mulçumano, enquanto o judeu é mais conservado na sua estrutura.

Via Dolorosa

Um dos marcos importantes para o cristianismo é a Via Dolorosa que também pode ser chamada de Via Sacra. Esse percurso na visão cristã foi percorrido por Jesus para sua condenação e crucificação. 

Dessa forma, vários cristãos e turistas que gostam da história vão percorrer para conhecer mais sobre as 14 estações e vivenciar de perto. É recomendado que realize esse percurso com um guia, pois ele poderá explicar melhor o que aconteceu em cada estação, trazendo mais uma noção ampla da história.

A Basílica do Santo Sepulcro

Um dos lugares mais fascinantes de Jerusalém é sem dúvidas a Basílica do Santo Sepulcro, nela há a parte Edícula que se encontra o túmulo de Jesus, que é uma parte da Basílica e só é permitido entrar três pessoas de vez, por causa disso é normal que demore um pouco. A Basílica é identificada pela simplicidade no seu exterior e riqueza de detalhes e de história no seu interior, conquistando até os não cristãos.

Muro das Lamentações

O Muro das Lamentações é um lugar sagrado para os judeus, pois é o que restou do templo de Herodes, que foi destruído pelo Império Romano 70 d.C. O Muro das Lamentações é somente um arrimo que era o responsável pela sustentação do tempo e que ficava na parte de cima. 

Para conseguir se aproximar do muro é através de uma área cercada que é dividida, uma parte é para os homens e a outra para as mulheres. E lá no Muro das Lamentações pode ser encontrada uma mesquita. Um lugar extremamente sagrado para os mulçumanos e visitado por vários turistas que vão para Jerusalém.

Cúpula da Rocha

A Cúpula da Rocha fica acima do Muro das Lamentações é um lugar com um grande valor para os mulçumanos e onde ficava o Templo de Herodes. Há uma discordância entre os Judeus e Mulçumanos por causa disso, apesar disso a Cúpula Dourada traz um destaque a mais à Cidade Velha e é um dos lugares que mais recebem turistas.

É importante mencionar que os turistas não têm permissão de entrar na mesquita, devido aos preceitos religiosos dos mulçumanos. Mas, podem ir à esplanada que é conhecida como o Monte do Templo.

Monte das Oliveiras 

Na Cidade Velha, encontra-se o Monte das Oliveiras, um lugar sagrado para os cristão, judeus e mulçumanos. Infelizmente, hoje são poucos os números de oliveiras. Mas, tem construções religiosas, uma delas é a Igreja de Todas as Nações que fica logo embaixo do monte. 

Para subir ao Monte é possível ir a pé ou de táxi, fica a critério do turista, este passeio oferece uma bela vista da Cidade Velha e da Cúpula da Rocha.

Museu de Israel

O museu mais conhecido do país, fica localizado na cidade santa, Jerusalém. A princípio o museu foi feito em 1965 para guardar os Manuscritos do Mar Morto que são conhecidos como os manuscritos mais antigos da Bíblia e ao decorrer do tempo o museu foi expandindo seu número de seções e tornando-se multitemático.

Pode-se encontrar arte moderna, e contemporânea, como também arte religiosa e história, há uma grande maquete da Cidade Velha do tempo do Templo de Salomão. É evidente que é um lugar riquíssimo de história e que vale a visita dos religiosos e dos não religiosos.

Museu do Holocausto (Yad Vashem)

Uma parte impactante da história foi o holocausto nazista que afetou principalmente os judeus. Como uma maneira de lembrar das vítimas, o museu foi idealizado.

O museu tem uma arquitetura moderna e que permiti aos seus visitantes um momento de reflexão emocionante, através das fotografias, cartas, maquetes e objetos pessoais que são um memorial para todas as vítimas desse terrível holocausto nazista.

Quem vai para Jerusalém não pode deixar de visitar esse museu e de viver essa experiência profunda.

Mercado de Mahane Yehuda 

No Mercado de Mahane Yehuda pode ser encontrado vários produtos típicos da região, uma ótima oportunidade de conhecer mais da culinária local. 

Além disso, tem várias lembrancinhas de Jerusalém que traduzem a cultura e a riqueza histórica do lugar. Não vá embora de Jerusalém sem dar uma passadinha nesse mercado.

Aproveite sua viagem para Jerusalém e conheça Jericó

A cidade de Jericó é considerada mais antiga cidade, já que há 10 mil anos atrás cananeus começaram suas primeiras plantações e através do sítios arqueológico é possível detectar que foi moradia de diversos povos, como:

Para sair de Jerusalém e chegar em Jericó é preciso ir até uma zona ocupada que é Cisjordânia. Apesar disso, não é uma zona perigosa, vários veículos transitam por lá diariamente. Você pode chegar até lá, através de Transporte público que a embarcação é feita  na estação de Jerusalém e depois é preciso pegar um táxi para o restante do trajeto.

Também tem a possibilidade de ir com uma excursão-organizada, uma ótima forma de não se preocupar com o transporte, e nem com imprevistos, já que vai ter uma organização por trás e horários fixos. 

Em Jericó você pode conhecer:

Não há dúvidas que Jericó merece ser visitada, logo após a visita por Jerusalém. Visto que ambas são uma extensão da narrativa da história que prevalece nessas duas cidades. Por isso, se você tiver um tempo a mais durante o seu passeio por Jerusalém, não deixe de conhecer Jericó.

Qual a melhor época para ir à Jerusalém?

A cidade de Jerusalém é bastante quente. Se você quer viajar com um clima mais ameno, é interessante optar pela primavera ou outono.Nessas épocas do ano o  turista pode visitar os lugares sem precisar encarar o calor e o desconforto com o clima. 

Vale destacar, que na Semana Santa o custo para realizar a viagem é um pouco mais caro, já que é uma época que o fluxo de turistas é maior. Porque são dias importantes segundo a comunidade cristã e são considerados como feriados. 

A fim de evitar grandes filas ou custos mais caros, é bom escolher uma época do ano que tenha um fluxo menor e que não seja Páscoa. Um diferencial de viajar para Israel é que Brasileiros não precisam de vistos para entrar no país, porém o tempo máximo de permanência sem o visto é de 90 dias.

Quanto custa uma viagem para Jerusalém?

Como é uma viagem internacional o valor pode ser um pouco mais alto e principalmente para um outro continente.

A fim de conseguir promoções é importante está sempre pesquisando e através do site das Passagens Promo você encontra valores que são constantemente atualizados, aumentando suas chances de conseguir um desconto.

Pensando em facilitar sua busca por passagens mais acessíveis e de confiança, você pode utilizar o buscador de viagens do site Passagens Promo, para encontrar as melhores opções de passagens que cabe no seu bolso.

Pesquise sobre o seu destino de viagem 

Não importa qual será o seu destino de viagem é importante que realize antes uma pesquisa sobre o país e seus costumes. Já que há países com restrições e é necessário cumprir todas para evitar problemas. 

Principalmente os países localizados no Oriente Médio tem normalmente algumas restrições por causa dos seus costumes e antes de levar um susto cultural é bom procurar saber antes como é. Como foi dito anteriormente, assim poderá evitar situações desagradáveis.

Encontre as melhores passagens aéreas para Destinos Internacionais com a Passagens Promo

A Passagens Promo é reconhecida no mercado por oferecer boas condições de compra para os seus clientes, oferecendo passagens mais baratas para o exterior.

Levando em consideração todo cuidado para manter a fidelização dos seus clientes, ou seja, oferecer passagens com voos de confiança e principalmente com segurança. Quem compra com a Passagens Promo não se arrepende!

Recomendado para você
Melhores dicas para realizar uma viagem perfeita

Melhores dicas para realizar uma viagem perfeita

Lugares exóticos: destinos incríveis para conhecer!

Lugares exóticos: destinos incríveis para conhecer!

Lugares mais frios do mundo: veja 10 destinos gelados para conhecer

Lugares mais frios do mundo: veja 10 destinos gelados para conhecer

Patrimônios da Humanidade: 13 locais que você precisa conhecer!

Patrimônios da Humanidade: 13 locais que você precisa conhecer!