O que fazer em Valdivia, Chile: conheça o turismo nessa bela cidade

Decidir o que fazer em Valdivia, Chile, está longe de ser uma tarefa difícil. Esta pequena cidade latino-americana não economiza em belezas e atrativos à espera dos turistas.

O destino ficou mundialmente conhecido por uma catástrofe histórica, o terremoto mais violento já registrado, mas à primeira vista fica claro que esse triste episódio é apenas uma página na história local.

Mais do que as cicatrizes desse evento fatídico, a cidade guarda muitas belezas naturais, entre bosques, lagos e montanhas, além dos exuberantes rios Valdivia, Calle-Calle e Cau-Cau: cenários que apenas a Patagônia chilena é capaz de oferecer!

Isso também significa que o viajante deve montar um roteiro de viagem com carinho, contemplando as informações mais importantes para desfrutar de uma estadia de sucesso, e nós vamos te ajudar nessa tarefa!

Compilamos tudo que você precisa saber sobre a cidade neste artigo, para que você não perca muito tempo com o planejamento e possa concentrar suas energias em desfrutar das belezas de Valdivia! Confira!

Confira passagens aéreas para este e outros destinos da América do Sul com até 35% de desconto neste link!

Valdivia, Chile: motivos para conhecer a pequena cidade!

Se você está considerando montar um roteiro Chile que inclua a Patagônia, é melhor já ir se informando sobre o que fazer em Valdivia.

Essa charmosa cidade, com mais de 140 mil habitantes, é uma das principais bases para quem deseja explorar os cenários patagônicos chilenos, ao lado de Osorno, Puerto Montt, Pucón e da famosa Puerto Varas.

Embora ainda seja um relativo desconhecido para muitos viajantes brasileiros, Valdivia é um destino popular no Chile, que atrai centenas de milhares de turistas todos os anos.

Com origens que remontam aos primeiros anos de colonização da América, no século XVI, estamos falando da cidade austral mais antiga do planeta!

Por isso, reunimos neste artigo as principais informações que você precisa saber sobre Valdivia: como chegar, quando visitar, o que fazer e outras dicas fantásticas. Vamos lá!

Como ir de Santiago para Valdivia? 

Como ir de Santiago para Valdivía?
Fonte: Unsplash

Esta agradável cidade chilena está a pouco mais de 840 km da capital, Santiago, no sudoeste do país.

O trajeto pode ser percorrido de carro em cerca de 9h30 pela rodovia Ruta 5, ou 11 horas de viagem de ônibus.

Você não precisa encarar horas a fio pelas estradas chilenas: Valdivia abriga um pequeno aeroporto regional, que recebe voos diários a partir de Santiago, Puerto Montt e Punta Arenas, com duração de aproximadamente 1h30.

Valdivia, Chile: mapa

A Patagônia, no extremo sul da América do Sul, é considerada um dos melhores destinos para ecoturismo e turismo de aventura do mundo, com inúmeras atrações tanto no lado argentino quanto no lado chileno.

Antes de fazer suas malas para embarcar nessa viagem inesquecível, recomendamos que você faça um bom planejamento. 

Dessa forma, vai ficar mais fácil identificar as atrações que não podem ficar de fora do seu roteiro.

Para te ajudar nessa missão, destacamos tudo que você precisa saber em Valdivia, Chile: mapa com os principais pontos turísticos. Veja só!

Passagens aéreas em promoção

Já imaginou encontrar passagens aéreas promocionais para conhecer Valdivia ou qualquer outra cidade do mundo? Com a ajuda do Passagens Promo, essa é uma tarefa fácil!

passagens-promo
Passagens aéreas saindo de

Nossa plataforma de buscas te ajuda a encontrar as ofertas mais imperdíveis para o destino dos seus sonhos em poucos minutos. 

Você só precisa digitar as cidades de origem e destino, selecionar as datas da viagem e escolher a melhor promoção para a sua conveniência.

Aproveite para ativar o alerta de preços e fique por dentro das melhores ofertas para o destino que você deseja! 

Assim, você recebe uma notificação sempre que o trecho que você procura entrar em promoção!

O que fazer em Valdivia, Chile: pontos de interesse!

Valdivia é uma cidade que mistura atrativos naturais a uma história riquíssima, que remonta a meados do século XVI, quando foi descoberta pelo explorador espanhol Pedro de Valdivia.

Você não precisará ir muito longe para desfrutar de passeios agradáveis na cidade: muitas vezes, uma simples caminhada pelo centro é o suficiente para conquistar o coração dos viajantes.

Afinal, a cidade é rodeada por bosques, parques e rios de grande beleza natural, além de edifícios históricos, rica fauna e uma cultura encantadora, que mistura influências europeias e indígenas.

Chegou a hora de descobrir o que fazer em Valdivia, Chile! Confira!

Yungay e General Lagos

Yungay e General Lagos
Fonte: Luxodresden / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Uma boa maneira de começar o seu passeio por Valdivia é conhecendo algumas de suas heranças históricas. 

Nesse sentido, você não vai se arrepender de conhecer as calles (ou “ruas”) Yungay e General Lagos, no centro.

Nesses endereços, o viajante encontra edifícios do começo do século XX que não foram completamente destruídos pelo grande terremoto que assolou a cidade na década de 1960.

Esse conjunto arquitetônico pode oferecer um bom panorama de como era a cidade antes da tragédia!

Trem El Valdiviano

Em operação desde 1913, o Trem El Valdiviano é a única locomotiva de origem britânica que ainda está em funcionamento no Chile, o que por si só já justifica o passeio.

Mais do que a Maria Fumaça antiga, os visitantes podem desfrutar da paisagem pitoresca da Patagônia até chegar à vizinha Antilhue, uma charmosa vila da região de Los Lagos.

No trajeto, aproveite para experimentar quitutes típicos da região, servidos pelos funcionários, como empanadas de pino, tortillas de rescoldo e pan amasado.

Nas estações de Pishuinco e Huellelhue você ainda encontra feirinhas de artesanato cheias de souvenirs para levar de lembrancinha!

Mas fique atento! O Trem El Valdiviano circula exclusivamente nos meses de verão!

Mercado Municipal e Mercado Fluvial

Antes de tudo, é importante separar os dois populares mercados Valdivianos: o Mercado Municipal e o Mercado Fluvial são coisas diferentes e igualmente encantadoras.

O Mercado Municipal funciona em um edifício do começo do século XX que chegou a ser parcialmente destruído pelo grande terremoto e foi devidamente restaurado.

Hoje, o local abriga diversos restaurantes e barraquinhas que vendem ingredientes frescos e servem pratos típicos da gastronomia patagônica. 

O Mercado Fluvial (ou Feria Fluvial), por sua vez, fica no centro da cidade, à beira-rio, e é especializado em produtos oriundos do mar, como peixes e frutos do mar frescos.

Os pescadores limpam e vendem tudo assim que desembarcam no local, por isso é comum que vários leões-marinhos e aves fiquem à espreita, esperando por qualquer sobra que possa saciar seus apetites.

Considerado Monumento Nacional do Chile, o Mercado Fluvial ainda vende artesanatos e produtos locais que podem enriquecer ainda mais a sua visita pela cidade!

Torreón Los Canelos

Torreón Los Canelos
Fonte: Carlos Reusser / Flickr / CC0

Construído no século XVII, o Torreón Los Canelos é uma antiga torre militar projetada para neutralizar eventuais ataques de indígenas à cidade durante o período de colonização.

Hoje convertida em Monumento Nacional do país, a torre fica bem no centro da cidade, na esquina das ruas General Lagos e Yerbas Buenas.

Museu Histórico e Antropológico Maurice Van de Maele

No topo da sua lista com o que fazer em Valdivia, Chile, deve constar uma visita ao Museu Histórico e Antropológico Maurice Van de Maele, instalado em um edifício histórico datado do período de imigração alemã na cidade.

O local abriga um riquíssimo acervo a respeito da cultura mapuche, povo originário que vivia na região antes da chegada dos espanhóis, no século XVI.

Por mais de três séculos os indígenas mapuches lutaram ferozmente contra a invasão espanhola na região, até mesmo aliando-se a rivais dos ibéricos, como os holandeses.

Hoje, as heranças desse período estão compiladas no melhor museu de toda a cidade!

Castelo de Mancera

Assim como o Torreón Los Canelos, o Castelo de Mancera fez parte da estrutura defensiva montada pelos espanhóis para tentar deter os ataques indígenas e estrangeiros à região de Los Ríos, onde fica Valdivia.

Além de ser um belo exemplo da arquitetura colonial chilena, o castelo oferece vista privilegiada do Pacífico e da Baía do Corral: cenário perfeito para fazer fotos incríveis enquanto aprende mais sobre a história do lugar!

Punucapa

Punucapa Valdivia Chile
Fonte: Romigraphy / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Que tal desfrutar de um agradável passeio de barco por Valdivia até chegar ao povoado de Punucapa, uma vila indígena que existe desde o século XVI? 

Além de conhecer mais sobre a cultura indígena, o passeio leva até o Santuário da Natureza Carlos Anwandter, onde você poderá contemplar a rica fauna local e, de quebra, experimentar a tradicional sidra de maçã produzida na região!

Provar cervejas artesanais

Você sabia que Valdivia é considerada a capital chilena da cerveja artesanal? Por isso, nem pense em ir embora da cidade sem experimentar um de seus saborosos rótulos locais!

A cidade dispõe de mais de 20 cervejarias espalhadas por todos os cantos, muitas delas abertas à visitação guiada!

Um dos grandes destaques é a Cerveceria Kunstmann, vendida em larga escala nos supermercados Valdivianos, que oferece visitas guiadas com direito a degustação!

Depois do passeio, não deixe de visitar o restaurante da cervejaria para experimentar pratos típicos da cultura patagônica regados por canecas generosas de cerveja!

Terremoto

Em maio de 1960, a história de Valdivia foi reescrita. Foi nesse dia que ocorreu ali o pior terremoto já registrado na história da humanidade, que chegou a impressionantes 9,5 graus na escala Richter.

O evento foi tão violento que chegou a afundar a cidade em 2 metros, alterando toda a geografia local, além de ter desencadeado a erupção do vulcão Puyehue, nos Andes, e de gerar tsunamis que chegaram ao Havaí, às Filipinas e ao Japão.

Mais de 5.700 pessoas morreram na catástrofe e outras 2 milhões ficaram feridas. 

A vida demorou a voltar ao normal, pois várias réplicas dos abalos sísmicos foram registradas ao longo de mais de um ano, até que as placas tectônicas voltassem a se acomodar.

Hoje, esse triste episódio faz parte da história local e é rememorado nos edifícios das ruas Yungay e General Lagos, na Ponte Pedro de Valdivia e no Museu e Arquivo Valdivia, que sobreviveram à tragédia e contam sua triste história.

Qual melhor época para ir à Valdivia, Chile?

Melhor época para ir para Valdivia Chile
Fonte: Unsplash

O viajante encontra o que fazer em Valdivia, Chile, em qualquer época do ano, mas tenha em mente que a data da sua viagem pode influenciar diretamente o tipo de experiência que você vai viver.

Se a sua intenção, por exemplo, é curtir o frio, o melhor momento para viajar é o inverno, de maio a meados de setembro, ocasião em que as temperaturas variam entre 4ºC e 12ºC. 

Nessa época chove bastante na cidade, então esteja preparado para o clima úmido e não se esqueça de colocar um bom guarda-chuva na mala!

É incomum que haja ocorrência de neve na cidade, por sua baixa altitude, mas você pode aproveitar o frio para curtir momentos de romance a dois em frente à lareira.

A alta temporada ocorre no verão, quando turistas invadem a cidade em busca das belas paisagens patagônicas com temperaturas mais agradáveis, entre 9ºC e 24ºC, e quase nenhuma chuva.

Ou seja, clima ideal para desfrutar de passeios ao ar livre, fazer piqueniques nos parques da cidade e escolher um hotel para a sua hospedagem que tenha piscina!

Quem não gosta de temperaturas extremas ou cidades muito cheias não vai se arrepender de viajar na meia estação, entre março e as primeiras semanas de maio, ou de outubro a novembro.

Nesses meses você terá maiores chances de encontrar hospedagem a preços mais camaradas e passagens aéreas em promoção!

O que fazer em Valdivia, Chile noite?

Apesar de a maior parte das atrações locais estarem concentradas durante o dia, o turista não tem dificuldades para definir o que fazer em Valdivia, Chile, à noite.

Uma boa dica é aproveitar o período noturno para experimentar as comidas típicas chilenas e as delícias patagônicas em um dos bons restaurantes no centrinho da cidade.

Quem gosta de cervejas artesanais vai se apaixonar pela Cerveceria Kunstmann, que serve rótulos produzidos na região, enquanto o Cassino Dreams garante a diversão até o raiar do dia!

O que fazer em Valdivia no outono

o que fazer em valdivia no outono
Fonte: Unsplash

A meia estação é uma das melhores ocasiões para conhecer a cidade. Afinal, é fácil encontrar o que fazer em Valdivia, Chile, no outono.

Os lobos marinhos ficam mais à vontade para circular pela orla da cidade, na avenida Costaneira, e a névoa fria cobre a paisagem com certo mistério, desvendando os edifícios antigos do centro histórico à medida que o sol esquenta.

Assim como os lobos marinhos, todos parecem procurar qualquer raio de sol que se possa encontrar nas manhãs outonais particularmente frias em Valdivia.

Aproveite para se aquecer entre as barraquinhas da Feira Fluvial e assistir a troca de coloração da vegetação no Jardim Botânico e no campus da Universidad Austral de Chile. 

Por fim, não deixe de espantar o frio com os tradicionais vinhos chilenos!

Garanta passagens aéreas com desconto de até 35%!

Descobrir o que fazer em Valdivia, Chile, é só a primeira etapa do seu planejamento de viagem. 

Agora, falta encontrar passagens aéreas promocionais para garantir a economia que você merece para a sua aventura patagônica!

Para isso, você pode contar com nosso site de buscas, Passagens Promo, que te ajuda a encontrar as melhores ofertas para o destino que você deseja em poucos cliques!

passagens-promo
Passagens aéreas saindo de
Azul CPV Campina Grande REC Recife 03 Out 10 Out R$ 250 Gol CNF Belo Horizonte GIG Rio de Janeiro 08 Nov 11 Nov R$ 264 Gol CNF Belo Horizonte GRU São Paulo 31 Out 02 Nov R$ 265 Gol GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 02 Out 30 Out R$ 265 Gol GIG Rio de Janeiro CNF Belo Horizonte 02 Nov 05 Nov R$ 270 Ver mais ofertas

Em caso de dúvidas, você pode contar com uma central de atendimento exclusiva, com profissionais qualificados sempre à disposição para te orientar!

Não deixe de acionar o alerta de preços para receber notificações sempre que o trecho que você procura entrar em promoção e siga as redes sociais do Passagens Promo para ficar por dentro das novidades!

Conhecer as incríveis paisagens da Patagônia com economia? De Promo você pode!


Veja também: 

Recomendado para você
Pucón, Chile: o que fazer, dicas de viagem, mapa e roteiro

Pucón, Chile: o que fazer, dicas de viagem, mapa e roteiro

O que fazer em Puerto Varas? Dicas e roteiro!

O que fazer em Puerto Varas? Dicas e roteiro!

Viagem para o Chile: roteiro por região, passeios e gastronomia

Viagem para o Chile: roteiro por região, passeios e gastronomia

Punta Arenas, Chile: 7 lugares que você não pode deixar de explorar

Punta Arenas, Chile: 7 lugares que você não pode deixar de explorar

Cidades do Chile: conheça as principais cidades do país para turismo

Cidades do Chile: conheça as principais cidades do país para turismo

Viña del Mar no Chile: 7 pontos turísticos imperdíveis na cidade

Viña del Mar no Chile: 7 pontos turísticos imperdíveis na cidade