Parque Nacional da Serra do Cipó: conheça esse patrimônio mineiro

O Parque Nacional da Serra do Cipó é um dos recantos mais exuberantes de Minas Gerais e um destino ideal para os turistas que adoram contato com natureza, esportes de aventura e ecoturismo.

Repleto de grutas, cânions, cachoeiras, trilhas e atividades radicais, o complexo natural garante experiências inesquecíveis aos seus visitantes e muita adrenalina. Vem com a gente conhecer esse patrimônio mineiro!

Viaje para a Serra do Cipó economizando. Cote sua passagem aérea no Passagens Promo e ganhe até 35% de desconto. Aproveite!

Parque Nacional da Serra do Cipó: quando ir? O que ver?

Para curtir as melhores atrações da Serra do Cipó, os meses entre maio e setembro são as temporadas mais recomendadas, já que quase não chove nesse período do ano.

Além de ser uma época em que a incidência de chuva é bem baixa, nesses meses, os jardins naturais e a vegetação ficam ainda mais floridos e verdinhos, garantindo os mais lindos cenários. 

Já as cachoeiras, rios e lagos apresentam uma profundidade mais segura para banhos e mergulhos. O Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais, também é muito visitado nesse período por conta do Festival de Artes e Vinhos, que acontece nos meses de maio e junho.

Nessa época, pousadas, hotéis e restaurantes oferecem uma programação especial, com muita música e pratos típicos mineiros de dar água na boca. 

Além de ser uma das atrações mais exuberantes das cidades mineiras, o local oferece ainda atividades como passeios de caiaque e observação de aves.

Para os turistas que não dispensam uma dose de aventura, não deixe de praticar rapel nos paredões das cachoeiras, ciclismo, trekking, alpinismo e rafting, que estão entre as atrações mais disputadas. 

Se você prefere atividades menos radicais, uma ótima opção é andar a cavalo pelo parque, fazer passeios de bike ou percorrer as trilhas para contemplar as belezas naturais da região.

Além disso, banhos e mergulhos nas cachoeiras, lagos e rios são atividades obrigatórias, principalmente em dias quentes e ensolarados.

Durante os passeios, pare também para apreciar a fauna e flora, já que a reserva protege diferentes espécies de animais ameaçadas de extinção.

Onde fica?

Parque nacional da Serra do Cipó onde fica
Fonte: Pixabay

Localizado em Minas Gerais, o Parque Nacional da Serra do Cipó fica também na linda Serra do Espinhaço, bem pertinho da capital Belo Horizonte.

Ao todo, a reserva abrange seis municípios, sendo eles: Jaboticatubas, Santana do Riacho, Nova União, Conceição do Mato Dentro, Dom Joaquim e Congonhas do Norte.

Mapa

Com quase 40 mil hectares, o parque é um verdadeiro santuário da flora brasileira. Para percorrer todo o local de forma segura e fácil, nada melhor do que ter um guia turístico.

Para  facilitar os seus passeios e escolher as melhores atrações e rotas pelo Parque Nacional da Serra do Cipó, o mapa é imprescindível. Confira um modelo que preparamos para você!

Como chegar?

Para curtir tudo que essa bela reserva tem para oferecer, você precisará desembarcar no aeroporto de Confins, na região metropolitana da capital Belo Horizonte, que fica a cerca de 60 km quilômetros de distância.

Para chegar até o parque natural, na cidade de Santana do Riacho, é possível alugar um carro ou fazer o trajeto de ônibus. Em ambas as opções, o percurso é repleto de paisagens deslumbrantes. 

Passagens aéreas para Minas Gerais

Os melhores preços de passagens aéreas para Minas Gerais você encontra aqui
Passagens aéreas saindo de
Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 20 Mar 24 Mar R$ 196 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 11 Jan 18 Jan R$ 196 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 08 Jun 15 Jun R$ 196 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 27 Fev 07 Mar R$ 198 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 20 Jun 27 Jun R$ 198 Ver mais ofertas

Já pensou em economizar na compra de passagens áreas para conhecer a reserva natural na Serra do Cipó? 

No nosso site, Passagens Promo, você encontra voo com os preços mais baixos do mercado, promoções e descontos.

O mais interessante é que, na nossa plataforma, é possível fazer a simulação de passagens em diferentes datas, horários e companhias aéreas.

Para conhecer o Parque Nacional da Serra do Cipó, na Serra do Espinhaço, com as melhores vantagens, recomendamos também que cadastre o seu e-mail no nosso site.

Ao ativar o alerta de preços, você será comunicado sempre que os valores do trecho escolhido tiveram redução.

O que fazer no Parque Nacional da Serra do Cipó?

Ao chegar na reserva natural, você ficará encantado com a quantidades de atrações e atividades oferecidas aos visitantes.

Durante o seu tour, não deixe de mergulhar nos lagos, rios e cachoeiras de águas transparentes

Coloque também um bom calçado, use um boné e passe bastante protetor solar para explorar todo o Parque Nacional da Serra do Cipó. Conheça os cânions e grutas, e não deixe de percorrer as trilhas, que te levarão para lugares incríveis.

É possível fazer também trekking e passeios de bike ou a cavalo. Para os turistas mais corajosos, que tal fazer alpinismo, canoagem e rapel?  Acredite, você vai se divertir muito!

Valor da entrada

Parque nacional da Serra do Cipó valor da entrada
Fonte: Pixabay

Para visitar a complexo, não há cobrança de ingresso. No entanto, algumas atrações radicais, como rapel e canoagem e os passeios de cavalo, são pagos à parte.

Além disso, há cobrança de ingresso para a entrada em alguns locais turísticos, como a Cachoeira Grande — em média, é cobrado R$ 40,00 para curtir o lugar.

Horário de funcionamento

No Parque Nacional da Serra do Cipó, o horário de funcionamento é das 8 às 18 horas, todos os dias da semana

Para fazer alguns passeios, como trilhas, a entrada é permitida apenas até as 15 horas. Vale lembrar que a visita é limitada a 150 pessoas por dia.

Principais cachoeiras da Serra do Cipó

Visitar as mais lindas cachoeiras da Serra do Cipó é quase uma regra no seu passeio pela reserva natural. 

Além de se percorrer trilhas e rios, nada melhor do que se refrescar nas enormes quedas d’água que existem nesse parque, que é sinônimo de turismo de aventura

Cachoeira Grande

Parque nacional da Serra do Cipó cachoeira grande
Fonte: Pixabay

Não é à toa que a Cachoeira Grande é o cartão-postal do parque. Exuberante e imponente, ela tem cerca de 9 metros de queda e 50 de extensão.

O Parque Nacional da Serra do Cipó possui também outras cachoeiras, mas essa está entre as prediletas dos turistas.

Localizada em uma propriedade privada, para acessá-la, você precisará percorrer uma trilha de cerca de um quilômetro. 

No poço que se forma logo abaixo da queda d’água, o mergulho é um convite para se refrescar em dias com temperaturas altas e sol forte.

No topo da cachoeira, é possível fazer stand up paddle e passeios de caiaque, que podem ser contratados por meio de agências de turismo. Vale lembrar que é cobrada uma taxa de cerca de R$ 40 para conhecer a Cachoeira Grande.

Véu da Noiva

A cachoeira Véu da Noiva não é tão imponente como a Grande, mas certamente é uma das mais bonitas.

Ao chegar ao local, você vai se deparar com três grandes quedas, que possuem entre 70 e 120 metros de altura. A cachoeira Véu da Noiva, no Parque Nacional da Serra do Cipó, também fica em uma área particular e, por isso, é cobrado ingresso.

Em finais de semana e feriados, o local é um dos mais movimentados da reserva, principalmente para os praticantes de rapel, já que o paredão da cachoeira é íngreme e bem extenso.

Mas se o seu objetivo é apreciar essa beleza natural e se divertir sem tanta adrenalina, saiba que a piscina natural aos pés da cachoeira é uma delícia. 

Para tomar um banho no poço de águas transparentes, será necessário percorrer uma trilha de 400 metros.

Serra Morena

Parque nacional da Serra do Cipó serra morena
Fonte: Pixabay

Em meio a muito verde, a Serra Morena possui um cenário de tirar o fôlego. A cachoeira, considerada uma das mais bonitas do parque, faz parte de um complexo com três exuberantes quedas d’água.

Para chegar até a cachoeira Serra Morena, no Parque Nacional da Serra do Cipó, a trilha é bem curtinha e não dura mais do que 15 minutos. Mas é bom se preparar, pois será preciso descer uma escada desenhada no paredão.

Ao chegar no poço, você verá uma linda cachoeira com 40 metros de altura, um paredão de pedra e uma enormes lagoa de águas cristalinas, onde é possível passar horas se refrescando e curtindo a vista.

Cachoeira da Farofa

Se pensa que as belezas naturais do parque terminaram, está enganado. A Cachoeira da Farofa também é um espetáculo à parte, mas você precisará de uma boa dose de disposição para conhecê-la.

A trilha até a queda d’água é considerada de grau moderado, sendo que o trajeto tem 8 quilômetros e pode ser percorrido em uma caminhada de cerca de 2 horas. Se preferir, é possível visitá-la também de bike ou a cavalo.

A cachoeira da Farofa, Parque Nacional da Serra do Cipó, é também uma das preferidas, já que conta com cinco quedas d’águas, garantindo as paisagens mais bonitas da reserva.

No entanto, apenas uma delas tem acesso permitido. Não deixe de passar algumas horas no local para admirar a vista exuberante do local.

Cachoeira da Caverna

Parque nacional da Serra do Cipó cachoeira da caverna
Fonte: Pixabay

Menor do que suas vizinhas, mas não menos esplendorosa. A Cachoeira da Caverna possui uma queda d’água de cerca de 20 metros de altura.

A grande atração do lugar fica por conta do poço de águas transparentes, que em determinadas horas do dia pode atingir tons esverdeados, dependendo da incidência solar — o que a torna uma das mais espetaculares do Parque Nacional da Serra do Cipó, MG.

No local, há duas piscinas naturais: uma menor, que fica em uma área mais alta, com aproximadamente 5 metros quadrados, e outra na parte baixa, com 20 metros quadrados. 

Ambos os poços têm um certo nível de profundidade — por isso, é recomendável que os banhistas saibam nadar bem para mergulharem por lá.  

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    Onde ir na Serra do Cipó?

    Parque nacional da Serra do Cipó onde ir
    Fonte: Unsplash

    Depois de escolher o que fazer no Parque Nacional da Serra do Cipó, não deixe de conhecer também a região, que é repleta de pontos turísticos e lugares históricos, além de bares e restaurantes típicos

    Juquinha

    Não é apenas o parque nacional que faz o maior sucesso entre os turistas. Ao redor da reserva natural há muitas atrações, como a estátua do Juquinha, que fica na cidade de Santana do Riacho, porta de entrada para a reserva.

    A escultura faz uma homenagem ao andarilho de mesmo nome, que acabou se tornando parte das tradições e da cultura da região.

    Com cerca de três metros de altura, a estátua é feita em cimento e foi construída sob um platô, que proporciona uma linda vista para a Serra do Cipó.

    Além de conhecer o Parque Nacional da Serra do Cipó, em Santana do Riacho, MG, não deixe de fazer um registro dessa estátua desenhada pela artista plástica Virgínia Ferreira.

    Conhecer o centro da cidade

    Além de se aventurar pela reserva natural, não deixe de conhecer também a região central da cidade e as principais atrações da área.  

    Faça uma visita à Igreja Nossa Senhora de Santana, com arquitetura simples e abóbodas no seu interior, que dão charme ao templo.

    No seu tour pelo Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais, conheça também a Fazenda centenária da Serra do Cipó, que foi transformada em um museu.  

    Fundada na época dos bandeirantes, o local é considerado uma das casas mais antigas e preservadas da região, preservando móveis, equipamentos e ambientes originais do século XVIII. 

    Faça também um passeio pela Estrada dos Escravos, construída no século passado para os tropeiros, que transportavam alimentos e óleo na região de Diamantina.

    Nos seus passeios fora do parque, suba até o Pico do Breu, de onde você terá uma das vistas mais surpreendentes da Serra do Cipó. 

    Inclua no seu roteiro também um tour gastronômico pelos bares e restaurantes da cidade, como o Bom Appetit Bistrô, que serve um cardápio delicioso e tem uma decoração muito charmosa.

    Se quer um local mais rústico, o Restaurante de Pedra é uma bela opção. Não deixe de experimentar a carne de sol com mandioca, feijão tropeiro e arroz. Uma delícia!

    Garanta sua passagem aérea com desconto!

    Separamos as melhores ofertas de passagens aéreas aqui
    Passagens aéreas saindo de
    Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 20 Mar 24 Mar R$ 196 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 11 Jan 18 Jan R$ 196 Latam Brasil GRU São Paulo CNF Belo Horizonte 08 Jun 15 Jun R$ 196 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 27 Fev 07 Mar R$ 198 Latam Brasil CGH São Paulo CNF Belo Horizonte 20 Jun 27 Jun R$ 198 Ver mais ofertas

    Depois de conhecer tudo sobre o Parque Nacional da Serra do Cipó e as principais atrações, chegou a hora de garantir sua passagem aérea para Minas Gerais com ótimos descontos.

    Não deixe para a última hora: comece agora mesmo a fazer as cotações dos voos na nossa plataforma, Passagens Promo, que reúne as melhores opções e os preços mais vantajosos, além de descontos e promoções! 

    Quer viajar para uma das regiões mais lindas do país e ainda economizar? De Promo você pode!


    Leia também:

    Recomendado para você
    São João del Rei: roteiro de passeios imperdíveis na cidade histórica

    São João del Rei: roteiro de passeios imperdíveis na cidade histórica

    O que fazer em Ilhabela: praias, cachoeiras, trilhas e muito mais

    O que fazer em Ilhabela: praias, cachoeiras, trilhas e muito mais

    Serra da Bocaina: o que fazer no parque nacional e arredores

    Serra da Bocaina: o que fazer no parque nacional e arredores

    Santo André, Bahia: pontos turísticos para relaxar na vila rústica

    Santo André, Bahia: pontos turísticos para relaxar na vila rústica

    Chapada dos Guimarães: motivos para conhecer esse paraíso!

    Chapada dos Guimarães: motivos para conhecer esse paraíso!

    Nobres, Mato Grosso: 7 locais para ecoturismo com economia

    Nobres, Mato Grosso: 7 locais para ecoturismo com economia