Patagônia chilena: como ir, melhor época, atrativos e dicas de roteiro

A Patagônia chilena, também conhecida como Patagônia Austral, é um destino turístico que oferece aos visitantes uma experiência bem próxima da natureza em cenários extraordinários.

Já imaginou esquiar, explorar montanhas cobertas por neve, visitar lagos de água pura e cristalina, desfrutar de uma gastronomia cheia de surpresas e conhecer uma cultura riquíssima em um só lugar?

Criamos um guia completo para te ajudar a planejar férias inesquecíveis, confira!

No planejamento de suas férias não deixe de pesquisar sua passagem aérea no Passagens Promo e garantir as melhores ofertas. Aproveite!

Patagônia chilena: mapa turístico, informações e recomendações

Seja na parte chilena, seja na parte argentina, a Patagônia é um dos destinos turísticos mais selvagens de todo o mundo: prato cheio para os amantes de ecoturismo ou turismo de aventura.

São inúmeros lagos, montanhas, cenários deslumbrantes, vilarejos que parecem isolados de tudo, uma riquíssima vida selvagem e o maior número de geleiras fora das zonas polares!

Reunimos todas as informações sobre a Patagônia chilena: como chegar até lá, a melhor época do ano para visitar e até sugestões de roteiro! Confira!

Onde fica a Patagônia chilena?

A Patagônia Austral é uma porção de terra com mais de 800 mil km², localizada no extremo sul do continente sul-americano. Mas, afinal de contas, em que país fica a Patagônia? Ou melhor, em que países?

A parte norte da Patagônia, mais árida e desértica, fica no território da Argentina, enquanto a parte sul, com florestas e fiordes, fica no Chile. A “fronteira” é natural: a imponente Cordilheira dos Andes separa as duas Patagônias.

Como ir para a Patagônia chilena?

Patagônia Chilena como ir
Fonte: Pixabay

Se você já está procurando saber como chegar na Patagônia chilena, saiba que não existem voos diretos do Brasil para o aeroporto de Punta Arenas, o melhor da região, que recebe voos diários.

A melhor opção é fazer o trajeto até Santiago e de lá pegar um voo para Punta Arenas ou, ainda, viajar até Buenos Aires e pegar um avião rumo a Ushuaia, Bariloche ou El Calafate.

Também é possível explorar a Patagônia de carro, mas a tarefa não é fácil: os preços para aluguel de veículos nas principais cidades, como Punta Arenas e El Calafate (Argentina), são bastante elevados.

Como ir de Santiago para Patagônia chilena?

A viagem para Patagônia chilena começa, de fato, em Santiago, já que nenhum aeroporto da região recebe voos internacionais.

O aeroporto da capital oferece voos diariamente para Punta Arenas, com duração estimada de 4h50, operados pelas companhias aéreas Latam e SKY.

Mapa da Patagônia chilena

Antes de viajar para a Patagônia, confira o mapa da região para planejar o seu roteiro e escolher as cidades e os pontos turísticos que você não pode perder! 

Voos em promoção para conhecer a Patagônia chilena!

Descontos de até 35% em sua promo. Aproveite!
Passagens aéreas saindo de
Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 10 Mar 15 Mar R$ 1121 Aerolíneas Argentinas POA Porto Alegre SCL Santiago 24 Fev 04 Mar R$ 1123 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 17 Mar 31 Mar R$ 1130 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 25 Jan 31 Jan R$ 1130 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 23 Jan 28 Jan R$ 1130 Ver mais ofertas

Quem quer visitar a Patagônia chilena não tem muita opção: a melhor maneira de chegar até lá é de avião. A boa notícia é que você pode fazer a cotação de passagens aéreas em promoção para conhecer a Patagônia!

Recomendamos o uso do melhor comparador do Brasil, o Passagens Promo, para encontrar passagens com desconto para Santiago e Punta Arenas!

Você pode fazer pesquisas multidestinos, comparar os preços das principais companhias aéreas e até criar alertas para receber notificações quando a passagem desejada entrar em promoção.

Melhor época para visitar a Patagônia chilena

A melhor época para ir à Patagônia chilena é aquela que oferece as melhores condições meteorológicas: o verão, entre os meses de outubro e abril.

Nem mesmo na estação mais quente do ano, porém, a região registra temperaturas tropicais, como boa parte da América do Sul: os termômetros ficam entre 0°C e -10°C, então prepare sua mala com roupas adequadas para o frio.

Não se recomenda visitas à Patagônia chilena no inverno, pois o clima fica bastante rigoroso, com vento, nevascas, chuva e muito frio. Por conta disso, muitas atrações chegam a ser fechadas para visitação. 

Se a sua única alternativa de viagem é no inverno, confira com antecedência se as atrações que você quer visitar estarão disponíveis.

O que fazer na Patagônia chilena?

Está curioso sobre as principais atrações da região austral da América do Sul? Então confira os principais pontos turísticos da Patagônia chilena!

Punta Arenas

Patagônia Chilena Punta Arenas
Fonte: Pixabay

Punta Arenas é, em geral, o ponto de chegada dos visitantes da região, uma vez que seu aeroporto recebe voos diários. 

A cidade tem boa infraestrutura em comparação a outros vilarejos patagônicos, mas não espere luxo ou uma ampla variedade de opções de hotéis e restaurantes.

O principal passeio na mais importante cidade chilena da Patagônia é a visita à Ilha Magdalena: basta um curto trajeto de barco para visitar o lar de mais de 200 mil pinguins!

A partir da ilha é possível avistar de uma posição privilegiada o Estreito de Magalhães.

Puerto Natales

A pouco mais de 3h de distância de Punta Arenas fica Puerto Natales, principal cidade-sede de quem visita o Parque Torres del Paine.

Como o custo de hospedagem nas dependências do parque é altíssimo, muitos visitantes preferem se hospedar nesta pequena cidade.

Torres del Paine

Patagônia Chilena Torres del Paine
Fonte: Pixabay

O Parque Torres del Paine é um dos destinos mais procurados em toda a Patagônia. São mais de 250 mil hectares tombados como Reserva da Biosfera pela Unesco, com mais de 250 quilômetros de trilhas.

O local foi batizado em função de um conjunto de montanhas cobertas de neve, com os picos proeminentes: Cuernos del Paine, Torres del Paine, Paine Grande e Cerro Fortaleza.

A principal atração do parque é o Glaciar Grey, a terceira maior área de gelo continental do planeta. É possível subir os paredões de gelo e fazer trilhas sobre as águas congeladas.

Reserva Nacional Futaleufú

A Reserva Nacional Futaleufú é mais uma das áreas protegidas da Patagônia, com mais de 12 mil hectares de muito verde, com uma ampla biodiversidade.

Além dos atrativos naturais, os visitantes podem desfrutar de diversas atividades de turismo de aventura e ecoturismo no Rio Futaleufú, como rafting e caiaque.

Parque Nacional Bernardo O’ Higgins

A maior reserva de água doce do planeta fica na Patagônia Chilena, mais especificamente no Parque Nacional Bernardo O’ Higgins.

Endereço de imensos icebergs, sobretudo no glaciares Balmaceda e Serrano, o parque tem cenários que mais parecem saídos de filmes de ficção, como imensas cascatas congeladas e a presença de muitos animais, como aves exóticas e lobos marinhos.

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!

    Fique tranquilo, não enviamos spam!

    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    Carretera Austral

    Mais do que uma estrada, a Carretera Austral é um dos maiores orgulhos da engenharia chilena: a rodovia tem mais de 1.240 quilômetros de extensão, ligando a Região dos Lagos ao ponto mais austral do país.

    A Carretera Austral passa por fiordes, canais, vales, reservas naturais, bosques e geleiras, garantindo a fama de ser uma das mais belas estradas de todo o mundo. 

    Um dos destaques da Carretera Norte é o Parque Nacional Queulat, lar de várias montanhas cobertas por neve, como o Ventisquero Colgante, além da impressionante Laguna San Rafael, com suas imensas geleiras.

    Na Carretera Sur, por sua vez, um dos destaques é a Capilla de Mármol, um grupo de formações de mármore que forma cavernas, grutas e rochas que podem ser visitadas de barco.

    Roteiro de viagem Patagônia chilena

    Patagônia Chilena roteiro
    Fonte: Pixabay

    Quer visitar a Patagônia chilena? Então o primeiro passo é escolher bem as cidades e os lugares que você faz questão de conhecer e, a partir daí, planejar suas rotas de deslocamento.

    Uma boa dica é começar a viagem por Punta Arenas, onde fica o principal aeroporto da região. A cidade é pequena, mas tem boas opções turísticas, como a Catedral de Punta Arenas e o Palácio Sarah Braun.

    Em seguida, faça o trecho até Puerto Natales: são três horas de viagem de ônibus. O vilarejo é pequeno, mas bastante charmoso, com um belo litoral. Muitas agências locais vendem passeios até o Parque Torres del Paine.

    Muitos visitantes gastam entre um e três dias para explorar o parque, um dos principais pontos turísticos da região. Depois, uma boa dica é voltar para Puerto Natales, de onde saem ônibus para outras cidades próximas.

    É comum que os viajantes sigam viagem até o território argentino: existem ônibus de Puerto Natales a El Calafate (outra cidade com boa infraestrutura turística) e até Ushuaia, conhecida como “cidade do fim do mundo”.

    Tanto Ushuaia quanto El Calafate têm aeroportos que oferecem voos para Buenos Aires, de onde é possível pegar o voo de volta para o Brasil.

    O que comer na Patagônia chilena?

    Agora você já sabe o que fazer durante a viagem, mas onde comer na Patagônia chilena?

    A rica gastronomia chilena, consiste em pães caseiros, presuntos especiais, frutas, cereais, frutos do mar bem frescos, carnes de caça, ingredientes orgânicos e, é claro, muito vinho!

    É importante lembrar, porém, que boa parte do turismo na Patagônia é feita longe das cidades e dos restaurantes, então é uma boa ideia sempre levar alguns lanchinhos na mochila antes de sair do hotel ou do hostel.

    Entre os melhores restaurantes na Patagônia chilena estão o The Singular Patagônia, em Torres del Paine, cuja especialidade são os principais pratos da culinária tradicional local, e o Pachamama, em Puerto Natales, especializado em empanadas.

    Hotéis na Patagônia chilena

    Os turistas que visitam a porção chilena da Patagônia têm várias alternativas de acomodações: das mais confortáveis e glamurosas a simples áreas de camping e hostels.

    Uma boa dica é escolher cidades-sede com boa infraestrutura para turismo, como Puerto Natales e Punta Arenas.

    O Simple Patagônia é uma charmosa alternativa em Puerto Natales, com arquitetura rústica e vista para o Canal Señoret.

    Se você prefere se hospedar mais perto do Parque Torres del Paine e quer fugir dos altos preços cobrados dentro da reserva, uma boa pedida é o Hotel Pampa Lodge, a cerca de 7 km da entrada principal.

    Em Puerto Chacabuco, uma boa alternativa de hospedagem é o Hotel Loberías del Sur, construído com madeira nativa em frente à Laguna San Rafael, pertinho da entrada do Parque Aikén del Sur.

    Quantos dias para conhecer a Patagônia chilena?

    Patagônia Chilena quantos dias
    Fonte: Pixabay

    A Patagônia chilena tem mais de 240 mil km²: começa nas proximidades da província de Valdivia e se estende até o Estreito de Magalhães, ponto mais ao sul do continente.

    Ou seja, você precisará de algum tempo para explorar a região.

    Para conseguir conhecer ao menos as principais atrações, recomenda-se uma viagem com duração entre 10 e 30 dias. 

    Se sua intenção for a prática de trekking, reserve um dia a mais antes e depois, para comprar mantimentos, fazer sua preparação e para descansar antes de enfrentar a volta pra casa.

    Vida noturna na Patagônia chilena

    Os visitantes têm inúmeras atividades para curtir durante o dia e à noite merecem um bom descanso. 

    Você não terá muitas dificuldades para encontrar um lugar para tomar uns drinques no fim do dia, mas lembre-se de que está em um lugar afastado de tudo.

    Isso quer dizer que, apesar dos muitos atrativos diurnos, o visitante não terá a variedade de opções para a vida noturna que encontra em cidades grandes.

    A programação noturna na Patagônia chilena inclui restaurantes que servem pratos típicos da região, indicados para quem quer se aquecer após um longo dia entre as geleiras.

    Uma boa pedida é o pisco, uma bebida à base de uvas considerada o equivalente chileno à cachaça brasileira, com 40% de teor alcoólico.

    Em Puerto Natales, o Baguales Brewery + Restaurant é um dos preferidos dos visitantes, com uma carta especial de cervejas artesanais produzidas localmente.

    Em Punta Arenas, por sua vez, as melhores opções para a vida noturna estão na Calle Gobernador Carlos Boires.

    Patagônia chilena ou argentina?

    Pode ser uma tarefa bem difícil escolher entre a Patagônia argentina e a chilena, pois o viajante terá uma experiência completamente diferente a depender de sua escolha.

    O território chileno é uma boa pedida para os visitantes que querem ter uma experiência mais próxima da natureza, com boas alternativas para fugir de roteiros tradicionais.

    Por outro lado, a região chilena costuma ter preços para hospedagem mais altos em comparação à porção argentina.

    Se você não se importa com luxo e conforto, a Patagônia argentina pode ser uma boa opção, com hotéis e vilarejos mais simples.

    Não importa a sua escolha, o roteiro Patagônia chilena e argentina pode ser inesquecível!

    Viaje para a Patagônia chilena com desconto!

    Aqui você encontrará os melhores preços de passagens aéreas para o Chile
    Passagens aéreas saindo de
    Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 10 Mar 15 Mar R$ 1121 Aerolíneas Argentinas POA Porto Alegre SCL Santiago 24 Fev 04 Mar R$ 1123 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 17 Mar 31 Mar R$ 1130 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 25 Jan 31 Jan R$ 1130 Latam Brasil GRU São Paulo SCL Santiago 23 Jan 28 Jan R$ 1130 Ver mais ofertas

    Agora que você já sabe tudo sobre a Patagônia chilena, está na hora de fazer a cotação de passagens aéreas com desconto para Santiago!

    A boa notícia é que você pode contar com a ajuda do melhor comparador do Brasil, o Passagens Promo, para encontrar os melhores preços para qualquer destino.

    Nossa plataforma permite que você compare os preços das principais companhias aéreas e até crie alertas para receber notificações quando a passagem dos seus sonhos entrar em promoção!

    Conhecer a Patagônia com economia? De Promo você pode!


    Leia também:

    Recomendado para você
    Cidades do Chile: conheça as principais cidades do país para turismo

    Cidades do Chile: conheça as principais cidades do país para turismo

    Ilhas Galápagos: O que fazer, curiosidades e passeios imperdíveis

    Ilhas Galápagos: O que fazer, curiosidades e passeios imperdíveis

    Cidades da Colômbia que todo mundo precisa conhecer!

    Cidades da Colômbia que todo mundo precisa conhecer!

    Cidades do Uruguai: lugares que todos precisam conhecer

    Cidades do Uruguai: lugares que todos precisam conhecer

    Mochilão América do Sul: informações, dicas e destinos incríveis

    Mochilão América do Sul: informações, dicas e destinos incríveis