Roteiro Suíça de 5 dias para aproveitar o melhor do país

NOTA DE REABERTURA DA FRONTEIRA ENTRE BRASIL E SUÍÇA -atualizado em 08/07/2021

Desde o sábado, 26 de junho, o órgão oficial de turismo da Suíça anunciou a liberação da entrada de brasileiros vacinados, sem a necessidade de fazer o exame RT-PCR ou de cumprir quarentena.

Para entrar no país será necessário apresentar o cartão de vacinação do SUS juntamente com o passaporte. Estão sendo aceitas as vacinas aprovadas pela OMS: Pfizer-BioNTech, Oxford/AstraZeneca, Janssen (Johnson & Johnson), Moderna, Sinopharm, Serum Institute of India e SinoVac.

Ótima notícia, certo? Aproveite para conferir o que fazer na Suíça durante sua viagem!

Montar um roteiro Suíça é a melhor forma de maximizar a sua passagem por este encantador país europeu recortado pelos Alpes.

Afinal, apenas com planejamento e organização é possível explorar ao máximo as inúmeras possibilidades de passeios, atrações e muito mais, de incríveis lagos em meio à montanha até vilas e castelos medievais.

Criamos uma sugestão de roteiro ideal para conhecer este charmoso país, famoso pelas paisagens paradisíacas e por sua gastronomia, com queijos e chocolates de prestígio mundial. Confira!

Roteiro Suíça: Um país exuberante em qualquer época do ano

A Suíça tem uma localização bastante privilegiada, em pleno centro da Europa, tem quatro idiomas oficiais (alemão, francês, italiano e romanche) e faz fronteira com Itália, França, Alemanha, Liechtenstein e Áustria.

Além de tamanha multiculturalidade, este país tem pouco mais de 8,57 milhões de habitantes e é riquíssimo em belezas naturais, com uma grande quantidade de lagos, cachoeiras e estações de esqui.

Ou seja, o que não falta é opção do que fazer na Suíça, seja no verão, seja no inverno.

Para facilitar a sua vida e te ajudar a planejar uma viagem inesquecível, criamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre a Suíça e o melhor roteiro para explorar o país!

Qual a melhor época para visitar a Suíça

Roteiro Suíça melhor época
Fonte: Pixabay

Muita gente associa a Suíça ao inverno, com direito aos Alpes com o topo nevado, muito chocolate quente e esqui pela montanha. 

O que nem todo mundo sabe é que estamos falando de um país que tem atrativos durante o ano inteiro, apesar de ter as estações bem-definidas.

Isso quer dizer que a melhor época para visitar a Suíça vai depender da finalidade da sua viagem.

Se você não gosta de frio extremo ou seu objetivo é ver lagos com água de cor azul ou verde intenso, com o verde da vegetação rasteira contrastando com a neve no topo dos Alpes, é melhor agendar sua viagem para o verão.

Caso você queira deslizar pela neve nas inúmeras estações de esqui do país ou desfrutar do conforto das piscinas aquecidas em hotéis luxuosos, o inverno pode ser a melhor opção.

Mesmo durante a meia estação (outono e primavera) a Suíça é um país com paisagens incríveis e atrativos turísticos variados. A vantagem é que estes também são os períodos da baixa temporada, com os melhores preços para turismo.

Viagem para a Suíça no verão

Os amantes de caminhadas ao ar livre e atividades em meio à natureza não podem perder a Suíça no verão, entre os meses de junho e setembro.

É nessa época em que é possível ver a clássica paisagem que inclui vaquinhas pastando em gramados verdinhos com montanhas nevadas ao fundo.

É também na estação mais quente do ano que os suíços aproveitam toda oportunidade para curtir o ar livre: é a temporada de festivais e atrações especiais que só funcionam no verão, como alguns funiculares e teleféricos.

No entanto, se você planeja esquiar é melhor mudar a data da viagem: apesar de haver neve no topo dos Alpes durante o ano inteiro, as estações de esqui não funcionam durante o verão.

Não se esqueça de que o verão é a alta temporada: faça reservas com antecedência e prepare-se para encontrar preços um pouquinho mais salgados.

Viagem para a Suíça no inverno

Roteiro Suíça inverno
Fonte: Pixabay

A Suíça é um raro exemplo de país que tem alta temporada dupla: no verão e no inverno!

O país é um dos mais populares destinos turísticos de inverno, com milhares de visitantes ávidos por conhecer algumas das melhores estações de esqui do mundo.

A estação mais fria do ano é recebida com empolgação na Suíça: hotéis e spas registram lotação máxima com turistas do mundo inteiro em busca de frio, piscinas aquecidas, lareiras e muito chocolate quente!

    Está gostando do conteúdo?
    Receba as melhores dicas de viagens no seu e-mail!
    Fique tranquilo, não enviamos spam!
    E-mail cadastrado com sucesso!
    A partir de agora, você receberá as melhores
    dicas de viagem diretamente no seu e-mail!

    Do final do mês de novembro até o fim de dezembro várias feirinhas de Natal se espalham pelo país, mas não se esqueça de levar agasalhos caprichados para enfrentar temperaturas negativas!

    Documentos necessários para visitar a Suíça

    O turista brasileiro tem um incentivo a mais para explorar o roteiro Suíça: é isento de visto para viajar para o país, desde que a viagem tenha duração máxima de 90 dias.

    Isso acontece porque a Suíça faz parte do Tratado de Schengen, que estimula a livre circulação pelas fronteiras de países que assinaram o acordo.

    Além disso, o turista precisa apresentar passaporte com validade de três meses após o fim da viagem e comprovantes de passagens aéreas e hospedagem.

    Também é necessário apresentar comprovantes de condições financeiras suficientes para e bancar durante a viagem, como dinheiro em espécie, cartões de crédito, comprovantes de renda, entre outros.

    Seguro viagem obrigatório para a Suíça

    Seguro Viagem: Europa
    AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
    CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 27/dia*
    Affinity 60 Europa Promocional Affinity 60 Europa Promocional Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 800 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*

    Apesar de haver a isenção do visto, os brasileiros precisam de contratar um seguro viagem obrigatório com cobertura mínima de 30 mil euros para poder visitar países do Território de Schengen, como a Suíça.

    Assim, terá cobertura diante de cenários mais graves, como acidentes, ou corriqueiros, como bagagens danificadas ou voos cancelados, além de garantir que não terá problemas com a imigração ao desembarcar!

    O seguro viagem cobre despesas médico-hospitalares, traslado sanitário, repatriação funerária, seguro de vida, entre outros, garantindo a tranquilidade do viajante até a volta para casa.

    Você pode contar com a ajuda do melhor comparador do Brasil, Seguros Promo, para encontrar o melhor plano de seguro viagem Suíça barato para a sua necessidade.

    Nossa plataforma trabalha com as melhores seguradoras do mercado e permite a comparação de até quatro ofertas por vez.

    Passagens Aéreas para a Suíça

    Confira nossas promoções de passagens aéreas para a Suiça
    Passagens aéreas saindo de
    Tap GRU São Paulo ZRH Zurique 04 Abr 29 Jun R$ 3409 Latam Brasil POA Porto Alegre ZRH Zurique 21 Set 03 Out R$ 4500 Latam Brasil BSB Brasília ZRH Zurique 13 Out 27 Out R$ 5019 Air France CNF Belo Horizonte ZRH Zurique 21 Fev 02 Mai R$ 5110 Latam Brasil BSB Brasília ZRH Zurique 29 Abr 16 Mai R$ 5247 Ver mais ofertas

    A uma altura dessas, você já deve estar morrendo de vontade de embarcar logo para a Suíça, certo? Para garantir uma viagem inesquecível pelo menor preço, conte com a ajuda do Passagens Promo.

    Nossa plataforma permite que você compare as ofertas das melhores companhias aéreas do mundo, simulando diferentes rotas, datas e horários de viagem, facilitando a tarefa de encontrar o melhor preço.

    Você pode até criar alertas para ser notificado quando a passagem para o trecho desejado entrar em promoção. Assim, vai ficar fácil fazer cotação de passagens aéreas baratas para a Suíça!

    Roteiro Suíça: O que fazer em 5 dias

    Você precisará de, no mínimo, cinco dias para conhecer alguns dos principais pontos turísticos do país. Para te ajudar a planejar uma viagem, criamos uma sugestão de roteiro Suíça para o período, confira!

    Dia 1: Zurique

    Centro financeiro e maior cidade da Suíça, Zurique provavelmente será sua porta de entrada no país: o principal aeroporto suíço fica na cidade, e este será o melhor ponto de partida em nosso roteiro.

    Aproveite que vai desembarcar por ali para visitar museus modernos, conhecer restaurantes charmosos e curtir a atmosfera quase Mediterrânea às margens do Lago Zurique ou do Rio Limmat.

    Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para seguro viagem, hotel, e muito mais! Clique aqui e confira.

    Lago de Zurique

    Roteiro Suíça Lago de Zurique
    Fonte: Pixabay

    Pode-se dizer que a vida em Zurique gira em torno do lago que dá nome à cidade: os principais pontos turísticos ficam na região, e ainda é possível fazer agradáveis passeios de barco.

    Durante o verão, o lago vira ponto de encontro dos habitantes e visitantes, enquanto no inverno vira uma grande pista de patinação no gelo!

    Museu Nacional Suíço

    Em uma cidade que tem mais de 150 museus, escolher o mais popular pode ser uma tarefa difícil. Nenhum deles, porém, se compara ao Museu Nacional Suíço, ou, Landesmuseum.

    Fica ali o maior acervo histórico e cultural do país, levando o Landesmuseum a ser considerado um dos mais importantes museus de arte do mundo.

    O museu fica instalado em uma construção erguida há mais de 100 anos, logo atrás da Estação de Trens de Zurique.

    Zoológico de Zurique

    Roteiro Suíça Zoologico de Zurique
    Fonte: Pixabay

    Considerado um dos melhores zoológicos da Europa, o Zoo Zürich reúne mais de 2.200 animais de 300 espécies diferentes.

    Inaugurado na década de 1920, este zoológico é famoso pelos tratos de excelência aos animais e pelo design moderno.

    Museu das Belas Artes

    O Kunsthaus Zürich, ou Museu das Belas Artes, foi fundado no século XVI e concentra em seu acervo mais de 4.000 obras de alguns dos mais renomados artistas mundiais, como Modigliani, Picasso, Van Gogh e muitos outros.

    A boa notícia é que você não precisará pagar nada para visitar a exposição permanente do museu!

    Dias 2 e 3: Zermatt

    A região de Zermatt é popularmente conhecida por concentrar o que há de melhor nos Alpes Suíços, além de ser uma região car-free, ou seja, você não poderá circular de carro pela região central.

    O relevo é surpreendente: são mais de 38 picos de montanhas com mais de 4.000 metros de altitude e inúmeros pontos turísticos inesquecíveis! Confira!

    Matterhorn

    Roteiro Suíça Matterhorn
    Fonte: Pixabay

    A mais famosa vila dos Alpes é o endereço da famosa montanha retratada na embalagem do chocolate Toblerone, a imponente Matterhorn.

    Por conta da fama da montanha, quase todos os passeios turísticos da região de Zermatt giram em torno da Matterhorn.

    A boa notícia é que em qualquer época do ano é possível avistar o belo pico nevado em meio ao verde da vegetação!

    Montanha de Gornergrat

    O passeio mais popular de Zermatt é, sem dúvidas, o tour da montanha de Gornergrat, que leva o visitante, de trem, até bem pertinho da impressionante Matterhorn.

    O passeio de trem existe desde 1898 e leva os passageiros até 3.089 metros de altitude acima do nível do mar, em um trajeto que dura pouco mais de meia hora.

    Lembre-se de levar a câmera e o celular devidamente carregados para tirar bastante fotos: a melhor opção para tirar fotos inesquecíveis é se sentar do lado direito do trem.

    Pequeno Cervino

    O Pequeno Cervino é o cume dos Alpes Suíços, a quase 4.000 metros de altitude, e está ligado à Matterhorn por um teleférico.

    Um dos cenários preferidos dos turistas para fotos é o lago Riffelsee, que reflete a imagem do Pequeno Cervino e do Matterhorn em suas águas cristalinas.

    Allalinhorn

    Roteiro Suíça Allalinhorn
    Fonte: Pixabay

    Assim como o Pequeno Cervino e o Matterhorn, o Allalinhorn é um dos principais cumes dos Alpes Suíços, onde existe uma popular estação de esqui, a mais de 4.000 metros de altitude.

    Além disso, a região tem diversas trilhas que podem ser exploradas para caminhadas e escaladas.

    Dia 4: Bernina Express até Lugano

    Depois de visitar tudo o que a região de Zermatt tem para oferecer, está na hora de encarar uma viagem de quase 150 quilômetros da Suíça alemã para a Suíça italiana, na região de Lugano. 

    A melhor forma de fazer o trajeto é, sem dúvidas, o Bernina Express, um trem que passa por geleiras e montanhas, em um percurso que chega a 2.256 metros acima do nível do mar, até chegar à região de Lugano.

    A boa notícia é que você pode comprar as passagens para esse luxuoso trem panorâmico com antecedência, pela internet, por a partir de 29 euros.

    Dia 5: Lugano e Lucerna

    Um passeio pelas regiões de Lugano e Lucerna deve estar incluído em qualquer viagem pela Suíça: as cidadezinhas pitorescas parecem saídas de um conto de fadas, com uma arquitetura única em meio a lagos e montanhas.

    Na chamada Suíça italiana, Lugano e Lucerna são boas cidades-base para quem pretende explorar a região de montanha, pois oferecem excelente infraestrutura e temperaturas agradáveis, que chegam a impressionantes 30°C no verão!

    Lago de Lugano

    Roteiro Suíça Lago de Lugano
    Fonte: Pixabay

    O Lago de Lugano é considerado o mais “quentinho” de todos os lagos suíços e, de fato, parece convidar os visitantes a um refrescante mergulho em meio à paisagem de montanha.

    Durante o verão, o lago recebe diversos passeios de barco e pedalinhos com escorregador, para explorar as águas e se jogar em mergulhos inesquecíveis.

    Villa Carlotta – Lugano

    A Villa Carlotta é um belíssimo palácio transformado em museu, erguido às margens do Lago Como, na Itália, a pouco mais de 30 minutos de viagem do Lago Lugano.

    A construção inclui um belíssimo jardim e está aberta a visitação.

    Villa del Balbianello – Lugano

    Pertinho da Villa Carlotta fica a Villa del Balbianello, também na região do Lago Como, em território italiano, pertinho da fronteira com a Suíça na região de Lugano.

    O palácio foi erguido em uma pequena península, com uma arquitetura diferenciada, que dá destaque a terraços e jardins.

    O trajeto entre Lugano e Villa del Balbianello pode ser feito de carro, trem ou ônibus, com custo a partir de 2 euros.

    Qual a cidade mais bonita da Suíça?

    Roteiro Suíça cidade mais bonita
    Fonte: Pixabay

    A Suíça é um país riquíssimo em belezas naturais e com alto IDH, e escolher a cidade mais bela pode ser uma tarefa complicada, pois depende do gosto do viajante.

    Quem se encanta por uma paisagem montanhosa mais clássica, incluindo casas de madeira e muitas montanhas com pico nevado, pode preferir a cidade de Zermatt.

    Quem prefere um cenário que ofereça bom contraste entre o antigo e o moderno, por sua vez, pode gostar mais da cosmopolita Zurique.

    No entanto, não se esqueça de que estamos falando de um país tomado por paisagens paradisíacas, que mais parecem cartões-postais, e qualquer visitante ficará maravilhado em praticamente todo lugar.

    Cotação de passagens aéreas para a Suíça em promoção

    Aproveite nossas promoções para a Suiça
    Passagens aéreas saindo de
    Tap GRU São Paulo ZRH Zurique 04 Abr 29 Jun R$ 3409 Latam Brasil POA Porto Alegre ZRH Zurique 21 Set 03 Out R$ 4500 Latam Brasil BSB Brasília ZRH Zurique 13 Out 27 Out R$ 5019 Air France CNF Belo Horizonte ZRH Zurique 21 Fev 02 Mai R$ 5110 Latam Brasil BSB Brasília ZRH Zurique 29 Abr 16 Mai R$ 5247 Ver mais ofertas

    Agora que você já sabe tudo o que precisa saber sobre o melhor Roteiro Suíça, está na hora de fazer a cotação de passagens aéreas para a Suíça em promoção.

    Visite o site do melhor comparador de preços do Brasil, o Passagens Promo, para encontrar as melhores ofertas das principais companhias aéreas do mercado.

    Você pode navegar entre várias ofertas simultaneamente, simular diferentes trajetos, horários e datas de viagem, bem como criar alertas de preço para ser notificado a cada nova promoção!

    Conhecer a Suíça com economia? De Promo você pode!


    Leia também:

    Recomendado para você
    Berna, Suíça: informações, onde ficar e o que fazer pela cidade

    Berna, Suíça: informações, onde ficar e o que fazer pela cidade

    Alpes Suíços: melhor época, informações, turismo e dicas de destino

    Alpes Suíços: melhor época, informações, turismo e dicas de destino